10 cenas clássicas do cinema que foram improvisadas pelos atores

3 min de leitura
Imagem de: 10 cenas clássicas do cinema que foram improvisadas pelos atores
Avatar do autor

Grandes cenas do cinema geralmente envolvem uma combinação de fatores: roteiro inspirado, atores capacitados, diretor com visão e muitos outros elementos. Só que, em vários casos, um pouco de improviso também é válido.

Diversos momentos mágicos das telonas nasceram somente por brilho do elenco, com fugas do roteiro e improvisos em falas ou ações. Felizmente, elas foram aprovadas e acabaram imortalizadas ao longo dos anos, sendo até os momentos mais famosos de algumas produções.

O List25 reuniu os momentos mais icônicos do cinema envolvendo improvisos, sem ordem de importância. Conheça a seguir alguns deles.

10. Forrest Gump

Fonte da imagem: Paramount

"Olá, meu nome é Forrest Gump. As pessoas me chamam de Forrest Gump”. Essa piada simples é um ótimo resumo da personalidade e do estilo do personagem, mas não estava originalmente no roteiro. Tom Hanks criou sozinho essa fala — e várias outras — durante as filmagens. Ele teve a aprovação do diretor Robert Zemeckis para continuar incorporando frases ao longo da produção.

9. E.T. - O Extraterrestre

Fonte da imagem: Reprodução/Universal

Aos seis anos, Drew Barrymore tornou-se queridinha em Hollywood pelo papel de Gertie, a irmã mais nova de Elliot. E uma das falas que mais conquistou o público foi improvisada — algo que Steven Spielberg incentivava nas filmagens, especialmente com o elenco infantil. Quando a personagem fala "Give me a break!" (algo como "Conta outra!", no contexto da cena), a inspiração veio toda de Barrymore. Dava para ver que ela teria futuro no cinema.

8. O Silêncio dos Inocentes

Anthony Hopkins contribuiu para um dos diálogo mais lembrados da estreia de Hannibal Lecter nas telonas. Ao comentar com a agente Clarice Starling (Jodie Foster) que uma vez ele "comeu um fígado com feijão-fava e Chianti", ele faz um som de sibilo bizarro e assustador, que virou marca registrada do serial killer. O barulho foi totalmente improvisado pelo ator, que pegou até a equipe de produção de surpresa.

7. Questão de Honra

Alguns improvisos surgem em alterações nas falas já escritas, em vez de criações originais. O drama com Tom Cruise e Jack Nicholson tem um diálogo clássico entre os protagonistas durante um julgamento — e a frase mais famosa dele foi improvisada. Vez de falar "Você já tem a verdade", Nicholson trocou para "Você não aguenta a verdade!", com uma alta intensidade na atuação. Funcionou muito melhor.

6. O Virgem de 40 Anos

Não é nada fácil conseguir interpretar alguém com muita dor. Por isso, nas filmagens da comédia, a equipe precisou realmente depilar o peito de Steve Carell com cera para extrair dele os gritos mais naturais e variados que conseguiram. Como só uma tomada era possível, várias câmeras foram usadas para garantir a cena — e nem mesmo os outros atores aguentam sem dar risada. Ainda no filme, o diálogo "Sabe como eu sei que você é gay?" entre Paul Rudd e Seth Rogen também foi totalmente criado pelos atores.

5. O Diabo Veste Prada

As inspirações para improviso podem aparecer de vários lugares. Emily Blunt, por exemplo, ouviu uma mãe na rua dando uma bronca no filho pequeno com uma frase marcante — e resolveu levar ela para encerrar uma conversa com Andy (Anne Hathaway). Assim nasceu "Eu estou ouvindo assim, e quero ouvir... assim".

4. Tubarão

Talvez a frase mais clássica do filme de 1975, "Vamos precisar de um barco maior" também nasceu de improviso, graças ao ator Roy Scheider. Foi uma expressão legítima dita nos bastidores: essa foi a reação dele quando viu o tubarão mecânico construído para as filmagens. Spielberg ficou encantado e imediatamente incluiu a fala no roteiro.

3. Titanic

 

O clássico momento em que Jack (Leonardo DiCaprio) fala "Eu sou o rei do mundo!" dentro do navio quase não existiu. Ele e o diretor James Cameron não conseguiam achar uma frase suficientemente boa e o horário da gravação estava quase encerrando, quando o diretor deu a sugestão ao astro — que não gostou da ideia inicialmente, mas acabou topando.

2. O Iluminado

 

E tem mais Jack Nicholson na lista! "Aqui está o Johnny" não é uma frase presente no livro de Stephen King e não foi pensada pelo diretor Stanley Kubrick. O ator pegou emprestado um bordão do apresentador Ed McMahon no programa The Tonight Show Starring Johnny Carson, famoso na década de 1960, e deixou uma cena bastante tensa ainda mais perturbadora.

1. Taxi Driver

 

Robert de Niro criou todo o monólogo de Travis Bickle "treinando" com a arma de frente para o espelho. O roteiro dizia apenas que o personagem "falava consigo mesmo parecendo um caubói". Nasceram aí falas como "Você está falando comigo?", que foram parodiadas diversas vezes ao longo dos anos.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
10 cenas clássicas do cinema que foram improvisadas pelos atores