Yoshinori Ono conta que Street Fighter 4 era para ser um jogo de turnos

1 min de leitura
Imagem de: Yoshinori Ono conta que Street Fighter 4 era para ser um jogo de turnos
Avatar do autor

Enquanto pensava como iria ser o Street Fighter IV, Yoshinori Ono idealizou uma transformação radical na jogabilidade: ações por turnos. Durante entrevista no EGX 2019, o produtor da Capcom, contou sobre suas ideias ao ser questionado sobre mudanças radicais, como uma possível versão em primeira pessoa.

Ele riu da sugestão e falou sobre o jogador realizar as ações do combate em turnos e juntar elas em um bloco para depois rodar automaticamente. No fim, a equipe resolveu não seguir por esse caminho para a sequência, porém, mais tarde foi lançado o Yomi, jogo de cartas com construção de baralhos, da franquia, que tem justamente essa jogabilidade.

Essa ideia realmente funciona para o dispositivo móvel, mas será que teria uma boa aceitação para os jogadores das telas grandes de consoles e computadores? O que não podemos contrariar é que os smartphones são um bom investimento para o futuro.

Outra curiosidade que o produtor soltou na entrevista é de que a Capcom era 99,9% contra fazer a sequência IV, mas ele convenceu os chefes a produzirem a volta da franquia.

Assista a entrevista completa em inglês:

Yoshinori Ono conta que Street Fighter 4 era para ser um jogo de turnos via Voxel

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Yoshinori Ono conta que Street Fighter 4 era para ser um jogo de turnos