As 10 melhores séries animadas para adultos, segundo o IMDb

4 min de leitura
Imagem de: As 10 melhores séries animadas para adultos, segundo o IMDb
Avatar do autor

Séries animadas têm o potencial de explorar cada detalhe dos seus próprios universos de maneira única. Diferentemente da realidade, a animação se beneficia do absurdo e assim consegue entregar piadas, dramas e tensões muito peculiares. Basta lembrar das clássicas e improváveis perseguições envolvendo o Coiote e o Papa-Léguas, apenas para citar um exemplo.

Com tanto potencial, esse formato de narrativa pode ser direcionado para diferentes públicos, inclusive o adulto. Seja pelo conteúdo mais sensível, seja pela trama mais densa e complexa, cada vez mais surgem ótimos exemplos de animações feitas para um público mais velho, mas sem nunca perder a riqueza de detalhes que as definem.

Quer conhecer mais desse universo? Então acompanhe esta lista com as 10 melhores animações para adultos, de acordo com o IMDb.

Trailer Park Boys: The Animated Series

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Pouco conhecida no Brasil, a animação é um spin-off de outra série, que, por sua vez, é derivada de um filme, ambos com o título Trailer Park Boy. A trama mostra um grupo de moradores de um estacionamento de trailers que vivem situações improváveis. Como alguns deles são ex-presidiários, há um universo de possibilidades que são sempre exploradas de maneira muito criativa. A animação também faz diversas referências à própria história, com os personagens tendo consciência de que viraram versões animadas de si mesmos. No Brasil, a série está disponível na Netflix.

Os Irmãos Aventura

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

O Adult Swim tem como característica apresentar animações com temáticas mais adultas, por isso não chega a ser uma surpresa que alguns dos nomes citados nesta lista já tenham passado pelo canal. É o caso de Os Irmãos Aventura, que faz uma divertida homenagem às animações de Hanna-Barbera e tem elementos que vão da ação à ficção científica. Os personagens são construídos a partir de diversos estereótipos, tornando cada episódio uma história crítica, nunca abrindo mão do excelente humor, principal marca da produção.

BoJack Horseman

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Uma das animações mais profundas da atualidade, BoJack Horseman é um dos casos que não apenas é direcionado ao público adulto como também não deve agradar aos telespectadores mais jovens. Embora seu tom cômico seja excelente, raramente segue o caminho mais óbvio. Suas piadas exigem um conhecimento mínimo de temas mais profundos, como depressão, vício em drogas e assuntos políticos e sociais contemporâneos. A série cresce muito ao longo das temporadas, e ver BoJack em situações improváveis é, ao mesmo tempo, divertido e desconfortável.

Bob's Burgers

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Nascida com o objetivo de falar sobre temáticas adultas, Bob's Burgers se beneficia de um conteúdo mais complexo desde a sua origem. Com isso, é possível ver diversas piadas sobre o cotidiano da vida adulta e problemas no trabalho. Relacionamentos e conflitos familiares também são recorrentes, fazendo dessa série um excelente exemplo de como usar o humor para abordar temas muitas vezes sensíveis.

Archer

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Archer é uma série sobre um grupo de agentes secretos que trabalham no Serviço Internacional de Inteligência Secreta (ISIS, na sigla em inglês). Apenas isso já ilustra o tom cômico da animação. Com referências a diversos clássicos sobre espionagem, como 007 e os livros de Tom Clancy, a produção consegue fazer piadas sobre uma grande variedade de temas sem precisar abrir mão de um conteúdo mais elaborado. Além disso, a arte da animação é uma das mais características desta lista, o que lhe confere um perfil mais memorável.

Futurama

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Essa excelente aventura espacial é uma das grandes pérolas da ficção científica no universo das animações. Fãs do gênero reconhecem as clássicas referências que o seu criador, Matt Groening, tanto adora colocar em seus trabalhos. Mas Futurama vai muito além disso. Com críticas bem elaboradas à sociedade norte-americana e conflitos que vão da dificuldade em lidar com a solidão às peculiaridades dos relacionamentos pessoais.

Uma Família da Pesada

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Outro exemplo de como o absurdo pode servir à animação, Uma Família da Pesada apresenta um humor muito característico, muitas vezes cínico, mas sempre eficiente. Os temas não fogem das regras dos demais títulos desta lista, mas o diferencial está em um bebê e um cachorro falantes, que protagonizam alguns dos melhores momentos da séries.

South Park

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Arriscando-se a cada episódio para chegar ao limite do aceitável, South Park funciona por não se levar a sério. Seus criadores, Matt Stone e Trey Parker, divertem-se cutucando feridas da maneira menos delicada possível; e fazem isso utilizando crianças em situações absurdas e sarcásticas. O resultado é um besteirol inteligente com excesso de palavrões e uma infinidade de sequências incômodas e engraçadas.

Os Simpsons

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Uma das séries de TV mais populares da história, Os Simpsons pode atribuir o seu sucesso ao carisma de cada um dos personagens, aos roteiros simples, mas com diversas relações com a realidade, e à genialidade de Matt Groening. Com muita inteligência, apresenta os mais diversos estereótipos da sociedade norte-americana, em situações que apenas reforçam o exagero crítico da produção. Sem perder o excelente humor, os episódios fazem constantes referências à cultura pop e por vezes tocam em temas delicados.

Rick e Morty

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Uma das mais criativas animações já feitas, Rick e Morty é, provavelmente, o melhor exemplo de como construir uma boa narrativa a partir do absurdo. E, para extrapolar ao máximo, a série se joga em uma rica ambientação de ficção científica. Muitas vezes os episódios são densos e pesados, trazendo consequências que não são desfeitas nos capítulos seguintes, como costuma acontecer na maioria das animações. Com isso, a série carrega uma profundidade muito própria, mas sem perder o tom cômico que a caracteriza.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
As 10 melhores séries animadas para adultos, segundo o IMDb