James Cameron não gostou de ter outro recorde quebrado

1 min de leitura
Imagem de: James Cameron não gostou de ter outro recorde quebrado
Avatar do autor

James Cameron não gostou de ter dois recordes superados no mesmo ano. Recentemente, o cineasta disse que estava em paz com o resultado de Vingadores: Ultimato nos cinemas, mas a situação se mostrou diferente com sua expedição ao fundo do Oceano Pacífico em 2012, uma conquista que foi batida pelo investidor Victor Vescovo.

Em maio, Vescovo e sua equipe chegaram ao Challenger Deep, uma depressão na costa sudoeste de Guam que é considerada o ponto mais profundo do planeta. Eles disseram que conseguiram descer a 10.927 metros, quebrando o recorde de Cameron em 2012, quando o diretor de Avatar chegou a 10.908 metros.

Cameron reconheceu a importância da expedição de Vescovo, porém questionou os números que o investidor apresentou, dizendo que seria impossível chegar àquela profundidade. "O que ele fez é notável. O que eu questiono é quando ele diz que foi mais fundo [do que eu]. Você não pode ir mais fundo; é plano e sem irregularidades. Assim, seu indicador pode ter uma leitura diferente da minha, mas ele não pode dizer que foi mais fundo", explicou o cineasta ao The New York Times.

Victor Vescovo durante expedição ao Challenger Deep (Fonte: Five Deeps Expedition/Divulgação)
Victor Vescovo durante expedição ao Challenger Deep. (Fonte: Five Deeps Expedition/Divulgação)

Para Vescovo, o argumento de Cameron está cientificamente incorreto. "Eu tenho um enorme respeito por ele; porém, nesse ponto, eu preciso discordar cientificamente", disse o investidor, ao afirmar que ele tinha um equipamento "muito mais novo e mais preciso na medição de profundidades oceânicas do que o de Cameron e havia identificado uma área mais profunda", concluiu.

Enquanto os dois não chegam a um consenso, Cameron segue trabalhando nas sequências de Avatar. O diretor pretende lançar quatro novos filmes em intervalos de 2 anos, com o primeiro chegando aos cinemas em 17 de dezembro de 2021.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
James Cameron não gostou de ter outro recorde quebrado