The Boys: série da Amazon supera audiência dos heróis da Netflix

1 min de leitura
Imagem de: The Boys: série da Amazon supera audiência dos heróis da Netflix
Avatar do autor

O lançamento de The Boys teve grande repercussão no mundo todo, e não foi por acaso. A Amazon investiu pesado na divulgação, e o resultado foi um desempenho superior ao observado nos seriados de heróis da Marvel que foram produzidos pela Netflix.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Parrot Analytics, The Boys conseguiu se manter em destaque por mais tempo em relação à primeira temporada das séries da Netflix. Embora cada plataforma de streaming foque um formato diferente, a comparação é interessante por ambas utilizarem a mesma temática (heróis urbanos) e apresentarem classificação R-rated (acima de 17 anos nos Estados Unidos).

Parrot AnalyticsDados mostram popularidade contínua de "The Boys" em comparação ao lançamento de outras séries de super-heróis. (Fonte: Parrot Analytics/Reprodução)

A fórmula do sucesso

Uma das possíveis explicações para o sucesso de The Boys é o atual momento dos serviços de streaming. Em 2015, séries de heróis ainda não estavam em alta, com Demolidor servido de teste para o que estava por vir. Enquanto o interesse do público por The Boys começou um bom tempo antes de estrear, com as produções da Netflix o movimento teve início após o lançamento.

Isso também tem relação com as estratégias de marketing das duas empresas. Diferentemente da Netflix, a Amazon investiu pesado na divulgação de The Boys às vésperas da estreia e manteve a campanha quando a produção já estava no ar. Somado ao boca a boca dos fãs, isso ajudou a manter a série por mais tempo na mídia.

Nicho vs. mainstream

The Boys (Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Para o produtor da Marvel, Karim Zreik, as séries da Netflix nunca tiveram a proposta de se tornarem amplamente populares, pois focavam nichos específicos da audiência: "Cada programa, para nós, tinha uma demografia diferente. Cada programa é muito específico. As mulheres adotaram Jessica Jones, os homens adotaram Demolidor e os jovens adotaram Punho de Ferro por causa da idade do personagem principal".

Ao contrário, The Boys não se lança diretamente para um único público, e uma das principais razões para isso é a maneira satírica de abordar os super-heróis. Isso quebra a expectativa e já oferece uma novidade em um cenário cada vez mais próximo da saturação.

Cabe ainda destacar que as produções da Netflix contam com 13 episódio, mas a primeira temporada de The Boys se encerra no oitavo, evitando problemas de ritmo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
The Boys: série da Amazon supera audiência dos heróis da Netflix