IT: Capítulo 2 tem reação amena da crítica, mas parece dar um bom desfecho

2 min de leitura
Imagem de:  IT: Capítulo 2 tem reação amena da crítica, mas parece dar um bom desfecho
Avatar do autor

Após o sucesso de IT: A coisa, lançado em 2017, o talento do diretor Andy Muschietti ficou evidente não só para os fãs de terror como também para o mercado cinematográfico. Uma sequência para a saga do Clube dos Perdedores e sua luta contra o terrível Pennywise foi anunciada antes de o primeiro longa sair das salas de exibição, e assim foi dado o sinal verde para IT: Capítulo 2, que estreia nesta quinta-feira (05) nos cinemas. As críticas ao filme já foram liberadas e, apesar de não o elogiarem tanto quanto seu predecessor, apontam que a obra finaliza a história de maneira adequada.

De acordo com Eric Eisenberg, do Cinema Blend, a obra acaba sofrendo do mesmo problema de muitas sequências, enaltecendo em excesso o que deu certo no primeiro longa e se esquecendo de focar aspectos próprios da obra atual. Outro ponto que acaba se tornando incômodo é que o filme é longo demais, com quase 3 horas de duração. De acordo com Charles Pulliam-Moore, do Gizmodo, um dos maiores problemas é o uso exagerado de jump scares, o que acaba contribuindo para o recurso perder o efeito, sobretudo pela duração excessiva da história. O mesmo ponto de vista está presente em outras críticas, embora a opinião dominante seja de que IT: Capítulo 2 é um bom filme, mesmo com algumas falhas.

Nesse contexto, o The Hollywood Reporter afirma que o segundo capítulo não desenvolve os personagens da forma que deveria, deixando de aproveitar todo o potencial que eles poderiam oferecer para a trama. Um dos problemas que contribuem para isso é o fato de que grande parte do filme está calcada em flashbacks das versões mais jovens do Clube dos Perdedores.

It: Capítulo 2 (Fonte: OC UOL/Reprodução)
(Fonte: OC UOL/Reprodução)

O lado positivo das críticas

Se por um lado os fatores citados não agradaram aos críticos, por outro lado IT: Capítulo 2 tem seus méritos. De acordo com Jennifer Bisset, do Cnet, apesar de o longa sofrer com a duração excessiva, dá um final satisfatório para a história. A performance dos atores, com ênfase em James McAvoy, Jessica Chastain e Bill Hader vivendo os protagonistas adultos, também está sendo bastante elogiada em diversas críticas.

Vale ressaltar que o filme recebeu um índice de aprovação de 79% no site Rotten Tomatoes, nota baseada no que os críticos dizem sobre os aspectos gerais da obra. Esse valor pode mudar conforme novos reviews forem escritos, mas de forma geral é um número bastante positivo.

Diante dessas informações, é importante ter em mente que a história original de Stephen King tem 1,1 mil páginas, o que torna um pouco difícil adaptá-la em dois filmes. Mas, de forma geral, Muschietti e seu elenco parecem capazes de fazer isso, apesar dos problemas apontados pelas críticas.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
IT: Capítulo 2 tem reação amena da crítica, mas parece dar um bom desfecho