Coringa: diretor se inspirou em Piada Mortal e no filme O Homem que Ri

1 min de leitura
Imagem de: Coringa: diretor se inspirou em Piada Mortal e no filme O Homem que Ri
Avatar do autor

Coringa fez sua estreia durante o Festival Internacional de Cinema de Veneza. Parte do elenco e o diretor Todd Phillips estiveram no local e puderam falar um pouco mais sobre o filme para a imprensa, e um dos temas comentados foram as histórias que serviram de inspiração para a trama.

Nos quadrinhos, o vilão do Batman já teve diversas origens, sendo uma das mais icônicas a que foi escrita por Alan Moore em "Piada Mortal" e lançada em 1988. Essa narrativa, assim como o filme O Homem que Ri, foram destacados por Phillips como suas principais influências para dirigir Coringa.

"Foi divertido sermos capazes de escolher certos elementos do passado dos quadrinhos, das HQs clássicas, e usar o que quiséssemos aqui, [...] então acho que há um pouco de 'Piada Mortal' na ideia de um comediante fracassado", contou o diretor. "Mas outra grande influência para esse filme, e o que inspirou os criadores originais do Coringa, foi o filme mudo O Homem que Ri, que foi realmente onde isso começou", concluiu Phillips.

O Homem que Ri é uma produção de 1928 que adapta um romance homônimo de Victor Hugo. O longa conta a história de um homem que teve o rosto desfigurado quando criança, cortado de maneira que ele sempre parece estar sorrindo. Essa foi uma das principais influências para a criação do Coringa nos quadrinhos, em 1940.

Conrad Veidt em "O Homem que Ri", de 1928. (Fonte: IMDb/Reprodução)

Coringa ainda será exibido no festival de Toronto, em 9 de setembro, antes de ser lançado comercialmente em 3 de outubro. O elenco tem Joaquin Phoenix no papel principal, além de Zazie Beetz, Robert De Niro, Brett Cullen no papel de Thomas Wayne e Douglas Hodge como Alfred.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Coringa: diretor se inspirou em Piada Mortal e no filme O Homem que Ri