Estresse pode ser uma das causas do vício em jogos, aponta estudo

1 min de leitura
Imagem de: Estresse pode ser uma das causas do vício em jogos, aponta estudo
Avatar do autor

De tempo em tempos surgem na rede estudos com o intuito de tentar explicar os motivos por trás do vício em jogos, e o mais recente é cortesia da Universidade de Stetson, dos Estados Unidos. Os responsáveis fizeram esse levantamento após observar um grupo de 968 jovens sul-coreanos, sendo 477 homens e 491 mulheres.

Os participantes foram questionados sobre tópicos como relacionamento com os pais, pressão acadêmica, autocontrole e hábitos referentes ao costume de jogar videogame. Após a análise, foi levantado que as pessoas que contavam com pais protetores e eram menos comunicativas acabavam dedicando mais tempo aos games, o que de alguma forma contribuía para o vício.

(Fonte: Freepik/Divulgação)

Como a Coreia do Sul também é um país onde se exige muito do jovem em relação ao sucesso acadêmico, isso acaba influenciando, de alguma forma, nos hábitos de jogar. Entretanto, o estudo ressalta que a simples exposição aos jogos não produz efeitos negativos, mas acaba ajudando a ter um pouco mais de controle.

Ainda que esse seja um estudo focado no país asiático, algumas coisas observadas nele podem ser aplicadas em outras regiões do globo, especialmente se observarmos que algumas pressões às quais os jovens são submetidos acabam se repetindo em diversos lares.

Estresse pode ser uma das causas do vício em jogos, aponta estudo via Voxel

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Estresse pode ser uma das causas do vício em jogos, aponta estudo