Star Wars: como The Mandalorian trará um novo olhar para o Império

1 min de leitura
Imagem de: Star Wars: como The Mandalorian trará um novo olhar para o Império
Avatar do autor

No último final de semana, durante a D23, The Mandalorian, série live-action de Star Wars ganhou seu primeiro teaser, que se inicia com várias cabeças de Stormtroopers ensanguentadas com espinhos. Já com isso podemos ver que a série explorará o lado mais sombrio da galáxia, abordando a forma como os habitantes do mundo veem o fascismo por trás do Império.

Sabemos que The Mandalorian se passa 7 anos após o fim de O Retorno de Jedi, período chamado de 11 ABY (Após a Batalha de Yavin) e décadas antes da ascensão da Primeira Ordem, sendo o primeiro live-action do universo de Star Wars a não ter um líder fascista oprimindo o povo. Em vez disso, a história vai focar nesse vazio no poder deixado pelo Império e na potencial luta política para preenchê-lo.

Confira o trailer:

Desde o lançamento de Uma Nova Esperança, em 1997, o mote de Star Wars sempre foi: rebeldes que lutam contra ditadores espaciais pela liberdade da galáxia. Porém, dessa vez, tudo indica que, com a ausência de uma liderança onisciente como a do Império e da Primeira Ordem, veremos algo diferente da lei e ordem estabelecida nos filmes clássicos da saga e do desespero desses grupos para tentar recuperar o poder.

The Mandalorian nos oferece uma nova chance de explorar a mentalidade de Mandalore após o final do violento reinado do Império. Dada a linha do tempo, é provável que o Mandaloriano de Pascal tenha lutado na Guerra Civil Mandaloriana (talvez ao lado de Sabine Wren, a protagonista da série animada Rebels.) e perdido familiares. Ele é descrito como um pistoleiro solitário, o que implica que a perda pode ser uma parte essencial do seu passado.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Star Wars: como The Mandalorian trará um novo olhar para o Império