Cyberpunk 2077: tipos de gêneros são retirados da criação de personagens

1 min de leitura
Imagem de: Cyberpunk 2077: tipos de gêneros são retirados da criação de personagens
Avatar do autor

Com grandes novidades sobre Cyberpunk 2077 durante a Gamescom 2019, o artista do game, Barthe Jonkers, confirmou que o sistema de criação de personagens recebeu grandes atualizações, com mais opções do que anteriormente. Segundo o artista da CD Projekt Red, o sistema de gêneros foi retirado, ou seja, você não escolhe mais se será um personagem masculino ou feminino, mas foca em reproduzir o tipo de estética que lhe agrada.

O artista ressalta que o sistema visa entregar ao jogador total liberdade para criar seu personagem, sem se prender a padrões. Jonkers também confirma que será possível personalizar o tom de pele, tipos de corte de cabelos, tatuagens, enfim, uma infinidade de opções estarão disponíveis. Além das infinitas possibilidades, também será permitido combinar tom de vozes masculinas e femininas.

Recentemente a Eurogamer questionou os desenvolvedores sobre as chances de Cyberpunk ter um modo multiplayer e um modo New Game Plus. A desenvolvedora confirmou que estes adendos não foram descartados e podem aparecer futuramente, após o lançamento oficial; no entanto, o foco do game será na narrativa single player.

A CD Projekt Red informou em seu blog oficial que realizará uma transmissão ao vivo em seu canal da Twitch nesta sexta-feira ás 15h (horário de Brasília) para mostrar uma nova gameplay de 15 minutos do jogo.

Cyberpunk 2077 será lançado no dia 16 de abril de 2020 para PlayStation 4, Xbox One, PC e Google Stadia. Perdeu alguma informação importante do jogo? Confira nosso artigo especial com todas as informações do game até o momento.

Cyberpunk 2077: tipos de gêneros são retirados da criação de personagens via Voxel

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Cyberpunk 2077: tipos de gêneros são retirados da criação de personagens