Irmãos Russo explicam as consequências das Joias do Infinito em Hulk

1 min de leitura
Imagem de: Irmãos Russo explicam as consequências das Joias do Infinito em Hulk
Avatar do autor

Os diretores Anthony e Joe Russo participaram de uma conversa com fãs para responder a algumas dúvidas sobre Vingadores: Ultimato. Uma das questões era sobre os ferimentos que Hulk teve após usar a manopla; como o herói tem fator de cura, os fãs se questionaram por que ele terminou o filme com o braço machucado.

"O Hulk nunca enfrentou todas as Joias do Infinito de uma única vez. Thanos é quase invencível e também não se recuperou", explicou Joe. "Então, naturalmente, quando você usa todo o poder das Joias, o dano é irreparável", complementou o diretor. "Se não o matar", acrescentou Anthony.

Joe já havia abordado o tema durante uma entrevista ao ComicBook. "Ele perdeu um braço. Ele perdeu Natasha. Essas coisas não vão voltar", explicou. "Ele se machucou. E é interessante. É um dano permanente, da mesma forma que foi um dano permanente para Thanos", finalizou o diretor na ocasião.

Mark Ruffalo em "Vingadores: Ultimato". (Fonte: IMDb/Reprodução)

Novos horizontes

Qualquer ideia para reverter os danos causados pela manopla não partirão dos irmãos Russo. Vingadores: Ultimato foi o último trabalho da dupla com o Marvel Studios, e agora eles focarão no seu próximo filme, Cherry. O longa será inspirado em uma história real sobre um ex-médico do exército que, após voltar do Iraque, foi diagnosticado com estresse pós-traumático e se tornou um assaltante de bancos. Tom Holland, que interpretou o Homem-Aranha no MCU, será o protagonista do filme que tem previsão para estrear em 2020.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Irmãos Russo explicam as consequências das Joias do Infinito em Hulk