Disney culpa X-Men: Fênix Negra pela queda de faturamento

1 min de leitura
Imagem de: Disney culpa X-Men: Fênix Negra pela queda de faturamento
Avatar do autor

X-Men: Fênix Negra passou longe do que era aguardado pela Disney. Após uma série de lançamentos de sucessos de bilheteria, a sequência dos mutantes não conseguiu chamar os fãs para os cinemas, e isto acabou refletindo no fracasso do filme nas bilheterias de todo o mundo.

Para a Disney, a queda de faturamento no segundo trimestre deste ano foi de cerca de US$700 milhões. Em apresentação aos acionistas, o presidente da companhia Bob Iger deixou claro que a culpa era de alguns filmes recém-lançados, entre eles, Fênix Negra.

(Fonte: Fox Film/Divulgação)

Os rumores são de que o filme custou cerca de US$ 200 milhões para ser produzido, porém, o retorno no próprio país foi de apenas US$ 65 milhões, com mais US$ 186 milhões pelo mundo, tendo um total de US$ 251 milhões nas bilheterias. Vale lembrar, no entanto, que as salas exibidoras ficam com metade do valor dos ingressos!

Nessa mesma apresentação aos acionistas, Bob Iger enalteceu outros títulos da companhia que tiveram e ainda vem tendo um admirável resultado nas telonas, como Vingadores: Ultimato, Aladdin, Toy Story 4 e O Rei Leão.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Disney culpa X-Men: Fênix Negra pela queda de faturamento