Nintendo Switch Lite: saiba as funções que ficaram de fora do novo console

3 min de leitura
Imagem de: Nintendo Switch Lite: saiba as funções que ficaram de fora do novo console
Avatar do autor

A Nintendo finalmente anunciou a versão portátil do Nintendo Switch, chamando o novo console de Switch Lite. Agora, muitas pessoas se perguntam exatamente o que a empresa retirou do seu videogame para fazer com que ele pudesse custar US$ 100 a menos e se tornar completamente portátil. Venha com a gente pois explicaremos exatamente o que o Switch Lite não tem em relação ao modelo atual do console.

Sem Joy-cons destacáveis

A maior diferença entre o Switch e o Switch Lite está no seu conceito. O próprio nome “Nintendo Switch” se deu ao fato de você poder jogar na sua casa, com a TV, e poder “mudar” para o modo portátil. No Switch Lite, isso não será possível pelo simples fato de os Joy-cons serem grudados no console.

(Fonte: Nintendo/Divulgação)

Isso acaba eliminando a possibilidade de um controle ser dado para um amigo jogar junto com você. Inclusive, o Nintendo Switch Lite parece priorizar muito mais o gameplay singleplayer do que o console original por causa disso.

Ainda existirá a possibilidade de conectar Joy-cons ou um Pro Controller ao console, usando suas conexões sem fio, permitindo que alguns jogos sejam jogados com amigos, mas a experiência pode não ser a mesma do sistema original. Além disso, no caso dos Joy-cons, você precisará carregá-los de maneira independente ao videogame.

Por causa dessa mudança de design, o Switch Lite não contará com o 3D Rumble ou com as funções da câmera infravermelha presentes no console original.

Switch Lite não funciona na TV

O 3DS fez um sucesso estrondoso e trouxe muito dinheiro para a Nintendo, mas a empresa parece finalmente estar seguindo em frente no mercado de consoles portáteis. Na época do lançamento do Switch, muitos acreditavam que a companhia já abandonaria o antigo videogame, mas ainda existia um comprometimento com ele, que pode acabar com o lançamento do Switch Lite.

Isso porque o novo modelo é basicamente isso, um console portátil. Enquanto o Switch original traz essa opção, ele é um videogame que pode ser 100% jogado conectado ao dock e usando uma TV. O Switch Lite não conta com essa possibilidade, funcionando apenas na sua versão “Handheld”.

(Fonte: Nintendo/Divulgação)

Não importa que você tenha encontrado um dock para vender e tem um ou dois Pro Controller na sua casa, pois ainda não será possível jogar os games usando a sua TV.

Sem compatibilidade com jogos sem modo portátil

O Switch Lite rodará quase todos os games lançados até hoje no Switch original, desde que eles tenham compatibilidade com o modo Handheld. Isso acaba por excluir alguns títulos da biblioteca, como Super Mario Party. Outro título que também não poderá ser jogado é o Nintendo Labo, que por suas particularidades e uso da câmera infravermelha presente no Joy-con, algo que foi removido do Lite, também não funcionará com o novo modelo.

Para ter certeza quais jogos funcionarão no Switch Lite, será necessário verificar na eShop ou nas informações dos games quais deles trazem o ícone de Handheld, caso contrário, você pode comprar um título que não roda no novo console.

Super Mario Party é um jogo que não rodará no Switch Lite (Fonte: Nintendo/Divulgação)

Sem melhorias no desempenho, mas com bateria melhor

O Switch Lite traz algumas vantagens, além do seu preço. As dimensões do console são menores (a tela do Lite é de 5,5 polegadas, enquanto a do Switch original é de 6,2 polegadas), e ele é mais leve, pesando aproximadamente 277 gramas.

Isso o torna um pouco mais confortável que o console padrão, ainda que ele também traga uma ergonomia que já era superior ao do 3DS. O Switch Lite, por ser focado em uma experiência portátil, traz uma bateria mais potente. Enquanto o Switch original aguenta entre 2h30 e 6h30 longe do dock, o Switch Lite pode ficar até 7 horas sem precisar carregar.

(Fonte: NIntendo/Divulgação)

Vale lembrar que o tempo depende do jogo que está sendo jogado. A Nintendo afirma que, por exemplo, The Legend of Zelda: Breath of the Wild faz com que a bateria dure, no máximo, 3 horas.

Essa são as maiores diferenças do Switch original para o Switch Lite. O desempenho do novo modelo será praticamente o mesmo do original quando em sua versão portátil, com resolução 720p, então os jogadores já podem ter uma noção do que esperar quando o “novo” console for lançado.

Ele chegará às lojas americanas no dia 20 de setembro por US$ 199,99 (aproximadamente R$ 750, sem impostos ou frete), nas cores cinza, amarela e azul turquesa, além de uma versão especial de Pokémon, que será lançada em novembro.

Switch Lite: saiba as funções que ficaram de fora do novo console via Voxel

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Nintendo Switch Lite: saiba as funções que ficaram de fora do novo console