Imagem de: Google Stadia não deve ter games mais baratos; assinaturas são obrigatórias

Google Stadia não deve ter games mais baratos; assinaturas são obrigatórias

2 min de leitura
Avatar do autor

Em uma mesa-redonda com jornalistas do Reino Unido, a Google esclareceu alguns detalhes sobre seus planos para o Stadia, sua plataforma de streaming de jogos. Segundo Phil Harrison, chefe do projeto, os games que vão ser oferecidos na plataforma devem custar o mesmo que aqueles encontrados para consoles mais convencionais.

Google Stadia

“Eu não sei porque eles deveriam ser mais baratos”, afirmou ele ao ser questionado sobre a possibilidade. “O valor que você tem de um game no Stadia significa que você pode jogá-lo em qualquer tela de sua vida — TV, PC, laptop, tablet, telefone. Eu penso que isso vai ser valioso aos jogadores”.

“O valor que você tem de um game no Stadia significa que você pode jogá-lo em qualquer tela de sua vida"

Harrison não confirmou qual será o valor de cada game, algo que vai caber à cada publicadora decidir por conta própria. “Mas obviamente vamos ficar cientes do preço prevalente no mercado”, garantiu. Ele também esclareceu que, mesmo que você pague por um jogo, ainda será preciso pagar por uma assinatura do Stadia para acessá-lo — uma versão gratuita, com algumas limitações, deve ser oferecida em 2020.

Mundo em transição

“A indústria está em transição”, explicou Harrison. “Nem todo desenvolvedor ou publicadora está pronto para se mudar para uma assinatura. Francamente, nem todo jogador está pronto para isso. Então queremos dar aos jogadores a opção para que eles possam engajar com os games que desejam da maneira que preferem — em todos os casos, sem o custo inicial muito alto de comprar um dispositivo sofisticado para colocar embaixo de suas TVs”.

Google Stadia

O Google Stadia será lançado oficialmente em novembro deste ano, com direito a uma Founder’s Edition que garante um gamepad, Chromecast Ultra, Destiny 2 e 3 meses de assinatura por US$ 129. A promessa da desenvolvedora é que, pagando US$ 9,99 por mês, você terá acesso a uma biblioteca de jogos (ainda não detalhada) com qualidade 4K rodando a 60 FPS — um plano grátis, com jogatina em 1080p, será oferecido a partir de algum momento de 2020.

A seleção de games disponíveis vai usar como base os exclusivos que a Google pretende desenvolver junto a um catálogo crescente de opções third-party. No entanto, a maioria dos lançamentos vai continuar sendo tratada de forma igual aos consoles, o que significa que você vai ter que pagar o preço cheio para tê-los em sua estreia.

Google Stadia não deve ter games mais baratos; assinaturas são obrigatórias via Voxel

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Google Stadia não deve ter games mais baratos; assinaturas são obrigatórias