A guerra comercial que os Estados Unidos estão preparando contra a China pode ter efeitos diretos sobre os preços cobrados por consoles dentro do país. Segundo o Kotaku, a taxa de 25% sobre importações da China sugerida pelo governo deve ter impactos diretos sobre o Nintendo Switch, que deve ficar mais caro em questão de pouco tempo.

Nintendo Switch

Enquanto no passado a Nintendo fabricava seus hardwares no Japão, atualmente ela moveu sua força produtiva para a China, o que significa que ela será afetada diretamente pela nova política. Como os Estados Unidos são responsáveis por comprar 40% dos estoques mundiais do Switch, um aumento de preço pode ter reflexos bastante negativos para a companhia.

“O efeito nos negócios é gigantesco, então estamos observando proximamente o que acontece”, afirmou ao Nikkei o presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa. Um aumento no preço do console nos EUA deve ter reflexo imediato no Brasil, já que, na ausência de uma presença oficial da companhia por aqui, os consumidores interessados na plataforma se veem forçados a importá-la ou depender do mercado cinza, que também tem no país norte-americano sua principal fonte de hardwares.

Switch pode ficar mais caro nos EUA graças à guerra comercial com a China via Voxel

Cupons de desconto TecMundo: