A Universidade da Carolina do Sul recebeu uma doação que deixou muita gente impressionada. Isso porque um colecionador cedeu para a instituição uma coleção com mais de 180 mil revistas de histórias em quadrinhos, livros e outros itens — o material é estimado em cerca de US$ 2,5 milhões (aproximadamente R$ 10 milhões).

Parte da coleção será exibida na Thomas Cooper Library no dia 29 de agosto e virá acompanhada de uma série de eventos na universidade, como palestras com artistas e autores de histórias em quadrinhos. O acervo impressionou muita gente por conta de algumas raridades, como a edição número 1 de "Vingadores", de 1963, além dos quadrinhos que mostram as primeiras aparições de Homem-Aranha, Batman, Pantera Negra, Homem de Ferro, entre outros.

Página de Amazing Fantasy #15, com a primeira aparição do Homem-Aranha (Fonte: Post and Courier/Reprodução)

Doação ímpar

De acordo com a responsável pelas coleções especiais das bibliotecas da universidade, Elizabeth Sudduth, a coleção é uma das maiores já vistas e um presente fenomenal para a instituição.

O material foi o trabalho da vida de Gary Watson, um colecionador do estado de Ohio que começou a comprar quadrinhos em 1958 e continuou até a sua aposentadoria, em 2010. Watson contou que sempre resistiu à ideia de dividir sua coleção ou vendê-la para compradores privados, mas começou a conversar com o pessoal da Universidade da Carolina do Sul e decidiu pela doação.

Em entrevista ao jornal Post and Courier, o colecionador disse que está contente porque "alguém vai cuidar melhor" de sua coleção de agora em diante.

David Shay, responsável pela catalogação do setor de livros raros e coleções especiais da universidade, comentou que quadrinhos são um reflexo real dos interesses e das ansiedades do povo americano e pesquisadores podem aprender bastante com as atitudes de contemporâneos em relação a política, gênero e raça. Acredita-se que o processo de catalogar toda a coleção demore alguns anos.

Cupons de desconto TecMundo: