As melhores séries de língua não inglesa nos serviços de streaming

18 min de leitura
Imagem de: As melhores séries de língua não inglesa nos serviços de streaming
Avatar do autor

Grande parte do conteúdo que mídia que consumimos é anglófono, ou seja, de língua inglesa. Mesmo que assistamos a um título dublado, a probabilidade de ele ter sido produzido nos Estados Unidos e na Inglaterra é muito grande. Agora, com o mercado de plataformas de streaming em plena expansão e grandes investimentos em aquisições e produções internacionais, cada vez mais conteúdo em outras línguas estão chegando até nós.

Compilamos uma lista de séries de TV de língua não inglesa a que você pode assistir nas plataformas de streaming disponíveis no Brasil. Apesar de a gigante Netflix ainda reter a maior parte do conteúdo, buscamos incluir também boas opções de outras empresas, como HBO, Amazon Prime Video e Globoplay. Confira abaixo e anote as que achar mais interessantes!

3% (Brasil) - Netflix

Reprodução/Netflix

Bastante comparada à franquia Jogos Vorazes3% mostra um futuro pós-apocalíptico onde a maior parte da população vive em um local chamado Continente, na mais completa miséria, enquanto alguns privilegiados vivem no Maralto, onde existem boas condições de vida. Ao completarem 20 anos, os jovens têm uma oportunidade de passar pelo Processo e tentar entrar no Maralto, mas apenas 3% são aprovados.

Segundo os críticos, 3% se destaca de outras tantas produções sobre futuros distópicos em virtude do bom desenvolvimento dos personagens com riqueza de detalhes e também da discussão mais aprofundada sobre dilemas morais e éticos. As duas temporadas estão disponíveis na Netflix; uma terceira já foi anunciada e deve ser lançada ainda em 2019. 3% foi a primeira série brasileira original da Netflix.

Dark (Alemanha) - Netflix

Reprodução/Netflix

Na pequena cidade fictícia de Winden, na Alemanha, alguns moradores têm suas memórias revividas quando uma criança some de forma misteriosa. Em três épocas diferentes, separadas por 33 anos, três gerações das famílias Kahnwald, Nielsen, Doppler e Tiedemann estão ligadas a um mistério que envolve experimentos científicos suspeitos, uma caverna, buracos de minhoca e viagem no tempo.

Dark conta uma história em que todos são suspeitos e ninguém é, verdadeiramente, inocente. Tendo sido gravada nos arredores de Berlim, a série é a primeira produção alemã original da Netflix; a segunda temporada estreia no dia 21 de junho.

My Brilliant Friend (Itália) - HBO

Reprodução/RAI/HBO

Elena Greco é uma autora idosa que descobre que sua melhor amiga, Lila Cerullo, desapareceu por completo, sem deixar rastros. Acompanhando mais de 60 anos da vida de Elena e Lila, a história é uma reflexão sobre a vida difícil na Nápoles dos anos 1950 e as memórias de Elena, que tenta resolver o mistério do desaparecimento da amiga.

Gravada em italiano e originalmente chamada de L’amica Geniale, a série é baseada em uma das histórias da "Série Napolitana", da autora Elena Ferrante. A produção é uma parceria entre a emissora italiana RAI e a HBO, que deverá adaptar os outros três livros da série. A segunda temporada já está confirmada e se chamará The Story of a New Name (Storia del Nuovo Cognome).

La Casa de Papel (Espanha) - Netflix

Reprodução/Netflix

Oito pessoas que não têm nada a perder, um homem misterioso e o assalto do século. La Casa de Papel conta a história de um grupo, com determinadas habilidades, que segue o plano de “El Professor” para se infiltrar na Casa da Moeda espanhola e roubar bilhões de euros. Reféns, polícia e ladrões precisam ficar vários dias dentro da “casa de papel”, mas está tudo dentro dos planos do Professor.

La Casa de Papel é, provavelmente, a série espanhola de maior sucesso atualmente. Aqui no Brasil, a música tema, "Bella Ciao", se tornou particularmente popular e foi até transformada em funk. Há duas temporadas disponíveis na Netflix; a terceira deve chegar à plataforma no dia 19 de julho deste ano.

Merlí (Espanha/Catalunha) - Netflix

Reprodução/Netflix

Quando o professor de Filosofia desempregado Merlí Bergeron é despejado, ele se vê obrigado a voltar a morar com sua mãe. Além disso, terá que cuidar de seu filho, que até então morava com a ex-esposa. Conseguindo finalmente um emprego para lecionar em uma escola de ensino médio, ele recorre a meios pouco ortodoxos para que seus alunos entendam o que os filósofos clássicos e modernos têm a ensinar, na prática.

Merlí é uma série catalã que foi gravada em catalão e dublada em espanhol; na Netflix você pode escolher em qual língua prefere assistir. Com inspiração no filme Sociedade dos Poetas Mortos (1989) e nos clássicos da filosofia, a série fez bastante sucesso na Espanha com suas três temporadas.

Ilha de Ferro (Brasil) - Globoplay

Reprodução/Globoplay

Trabalhadores brasileiros de uma plataforma de petróleo dividem a vida em 15 dias no mar e 15 dias em terra firme. Dante é um coordenador de produção de uma plataforma conhecida por ter muitos acidentes; ele trabalha bastante para realizar o sonho de se tornar gerente, mas primeiro precisa competir com a recém-chegada Júlia. Ilha de Ferro acompanha a difícil vida dos petroleiros, em meio a romance, disputas e tensões políticas que envolvem o trabalho.

Ilha de Ferro é uma série da Globoplay que estreou no final do ano passado e, logo em seguida, já foi renovada para uma segunda temporada. Ela foi apontada pela tradicional revista americana Variety como uma das melhores séries internacionais de 2018. Os protagonistas são Cauã Raymond e Maria Casadevall.

Fauda (Israel) - Netflix

Reprodução/Netflix

Doron, um soldado aposentado da Força de Defesa de Israel, volta à ativa quando se dá conta de que um terrorista que ele supostamente havia eliminado ainda está vivo. Ao descobrir que o inimigo pretende ir ao casamento do irmão, Doron e sua equipe — Mista'arvim, especializada em se infiltrar entre os palestinos — entram em ação, o que acaba por desencadear diversos eventos completamente caóticos.

A série é filmada em hebraico e árabe; o título, Fauda, significa “caos” em árabe. Fauda é sucesso de público e crítica por não tentar transformar em vilão ou mocinho qualquer um dos lados do conflito entre Israel e Palestina. A produção é, inclusive, bastante elogiada por alguns palestinos. A terceira temporada chega à Netflix ainda neste ano.

Elite (Espanha) - Netflix

Reprodução/Netflix

Elite conta a história de três alunos de classe média que conseguem bolsas de estudo na mais exclusiva escola da Espanha, após o colégio que eles frequentavam desabar por ter uma estrutura ruim. Na Las Encinas, onde os filhos dos ricos estudam, eles encontram novas amizades, romances, inveja, ressentimento e tudo o mais que envolve a vida adolescente. Ah! E ocorre um assassinato no meio do caminho.

Quem foi adolescente nos anos 2000 deve ter pensado logo em Rebelde quando viu as primeiras imagens da série. No entanto, embora alguns temas sejam similares, Elite tem um tom mais sério e aborda situações bastante diferentes. A série foi renovada, e sua segunda temporada deve estrear ainda neste ano.

O Negócio (Brasil) - HBO

Reprodução/HBO

Karin, Luna, Magali e Mia são quatro garotas de programa de luxo. O Negócio acompanha o cotidiano delas e o que fazem para obter destaque em um mercado tão concorrido. Sem se prender muito aos dilemas morais da prostituição, a série mostra como elas utilizam estratégias de marketing para criar uma companhia bem-sucedida, chamada Oceano Azul, e se solidificarem como boas garotas de programa, mas também como boas empresárias.

O Negócio é uma série brasileira produzida pela HBO Latin America e começou a ser transmitida em 2013; sua quarta, e última, temporada estreou em novembro de 2018. Criada por Luca Paiva Mello e Rodrigo Catilho, a produção conta com as atrizes Rafaela Mandelli, Juliana Schalch, Michelle Batista e Aline Jones nos papéis principais.

The Rain (Dinamarca) - Netflix

Reprodução/Netflix

Dois irmãos dinamarqueses se escondem em um bunker quando quase todos os seres humanos da região da Escandinávia são dizimados por um vírus espalhado pela chuva. Cinco anos depois do acontecimento, eles saem do bunker em busca de seu pai, um cientista que os deixou lá e desapareceu. A dupla se junta a um grupo de jovens sobreviventes e viaja pela Dinamarca e pela Suécia à procura de uma cura.

The Rain é mais uma série pós-apocalíptica para a lista; no entanto, tem uma história mais voltada para ficção científica do que para a política. Ela é comparada a The Walking DeadAniquilação e Rua Cloverfield, 10The Rain foi renovada, e sua segunda temporada deve chegar à Netflix no dia 17 de maio.

Borderliner (Noruega) - Netflix

Reprodução/Netflix

Borderliner conta a história de Nikolai, um policial que visita a sua cidade natal e investiga o aparente suicídio de homem chamado Tommy. Quando sua parceira de investigação, Anniken, começa a suspeitar que o suicídio é, na realidade, um assassinato, Nikolai planta provas para que seu próprio irmão não seja incriminado. Por fim, ele descobre a verdade sobre a morte de Tommy.

Borderline, em norueguês, se chama Grenseland, que pode ser traduzido como "fronteira". A série tem oito episódios, e a Netflix ainda não fez qualquer menção à renovação. Portais como The AV Club, Decider e Bustle consideram a série uma ótima pedida para quem gosta da temática de crime, mas quer algo que se diferencie.

Assédio (Brasil) - Globoplay

Reprodução/Globoplay

Roger Sadala parecia um respeitoso e íntegro médico que ajudava mulheres que não conseguiam ter filhos. Mas quando sua própria secretária o denuncia por assédio, uma avalanche de outras denúncias — que incluem abuso sexual — começam a surgir de suas pacientes. Sua carreira e sua família se despedaçam quando a verdade vem à tona sobre o que ele realmente fazia em sua clínica.

Assédio é baseada na história real do médico brasileiro Roger Abdelmassih, que foi condenado a 278 anos de prisão por 52 estupros e 4 tentativas de estupro a 39 mulheres. As histórias estão também em um livro, chamado "A clínica: a farsa e os crimes de Roger Abdelmassih", escrito por Vicente Vilardaga.

Rita (Dinamarca) - Netflix

Reprodução/Netflix

Rita é uma tragicomédia dinamarquesa focada na professora e mãe solteira Rita Madsen. Rebelde e nada convencional, Rita é uma professora competente dentro da sala de aula, mas parece precisar de professores para lhe ensinarem a cuidar de sua vida pessoal. Ela tem dificuldade de equilibrar a parte profissional, seus relacionamentos sexuais e sua vida em casa, com seus três filhos.

A série teve quatro temporadas, sendo as duas últimas coproduzidas pela Netflix. Rita é bastante elogiada por ter personagens falhos e que podem ser vistos como pessoas reais. Diversos outros países — como França, Estados Unidos e Holanda — tentaram fazer as suas próprias versões da história, mas nenhuma outra vingou.

Dix Pour Cent (França) - Netflix

Reprodução/Netflix

Os empregados da Agência de talentos Samuel Kerr (ASK) precisam constantemente combinar arte e negócios, se virar nos 30 para enfrentar situações complicadas e defender seus trabalhos. Andrea, Mathias, Gabriel e Arlette misturam vida pessoal e profissional, mas os agentes ficam abalados quando o fundador da empresa morre de súbito, justo em um momento complicado para os negócios.

Dix Pour Cent, ou 10%, é uma série francesa que nos leva aos bastidores de uma agência de talentos. Um mundo de celebridades, glamour e muita bajulação. A série tem três temporadas disponíveis na plataforma da Netflix; a quarta tem previsão de lançamento para 2020.

El Dandy (México) - Amazon Prime Video

Reprodução/TNT

Inspirada no filme Donnie Brasco, a série mexicana El Dandy segue um professor de Direito que é contratado por um promotor de justiça para se infiltrar em um proeminente cartel da Cidade do México. Usano o nome falso Daniel "El Dandy" Bracho, ele precisa identificar os membros da gangue, mas com o tempo ele percebe que a vida criminal é muito mais atraente do que parece e sua incorruptibilidade passa a ser testada.

El Dandy é uma série original da TNT que foi transmitida entre 2015 e 2016, com o ator Alfonso Herrera no papel principal. No Brasil ela pode ser assistida através do Amazon Prime Video.

O Bosque (França) - Netflix

Reprodução/Netflix

Em um clima de mistério, uma adolescente desaparece de uma pequena cidade no interior da França, para dentro do bosque de Ardennes. Com o auxílio de uma professora com um passado obscuro, a polícia investiga o que pode ter acontecido com a garota. Virginie, uma das policiais, entra em desespero quando percebe que sua própria filha e seu marido parecem estar envolvidos de alguma forma.

O Bosque é uma minissérie franco-belga e foi filmada nos dois países. Considerando que sua história já foi contada de forma completa nos seis episódios disponíveis, ela dificilmente terá outras temporadas.

Deadwind (Finlândia) - Netfli-x

Reprodução/Netflix

Deadwind conta a história de Sofia Karppi, uma detetive de homicídios que recentemente voltou ao trabalho após ficar viúva. Em seu primeiro caso, Sofia e sua parceira, a detetive novata Sakari Nurmi, encontram o corpo de uma mulher enterrada com flores em suas mãos, em um local que pertence a uma empresa de energia eólica. Elas começam então a investigar quem é a mulher e qual é sua relação com a empresa.

Deadwind é bastante comparada a outras séries da região, como a dinamarquesa The Killing e a dinamarquesa-sueca The Bridge. Após fazer bastante sucesso na Finlândia, ela foi renovada e sua segunda temporada está sendo escrita.

Sr. Ávila (México) - HBO

Reprodução/HBO

Roberto Ávila vive uma vida dupla. Durante o dia, ele é um marido fiel e dedicado, um pai responsável e um vendedor de seguros de classe média. À noite, é um assassino frio e calculista. Quando ele decide abrir um negócio de assassinos de aluguel, as duas vidas começam a se misturar rapidamente. Logo se torna um agente poderoso no mundo do crime e as decisões sobre quem vive e quem morre passam por suas mãos.

Sr. Ávila é uma série mexicana produzida pela HBO Latin America e tem quatro temporadas disponíveis na plataforma de streaming. O papel principal é interpretado pelo ator Tony Dalton, e as filmagens acontecem na Cidade do México.

Cães de Berlim (Alemanha) - Netflix

Reprodução/Netflix

Quando dois policiais são convocados para investigar o assassinato de uma estrela do futebol, o jogador turco-alemão Orkan Erdem, eles percebem que o perigo é maior que pensavam. Após investigarem uma longa lista de possíveis suspeitos como neonazistas, pessoas do mesmo bairro do jogador, nacionalistas turcos e até mesmo a máfia, eles concluem que precisarão mergulhar no submundo berlinense, pois a ordem pode ter vindo de um nível bem acima.

Cães de Berlim é a segunda produção alemã da Netflix. A série tem 10 episódios, explora as diversas culturas presentes em Berlim e propõe a velha pergunta: conseguimos realmente escapar do lugar de onde viemos? A gigante de streaming ainda não anunciou se a série foi renovada para uma segunda temporada.

Tabula Rasa (Bélgica) - Netflix

Reprodução/Netflix

Quando um homem chamado Thomas Spectre desaparece, o detetive do caso visita Mie, uma jovem que sofre de amnésia e está internada em um hospital psiquiátrico. Segundo ele, Mie foi a última pessoa a ver Spectre e é, portanto, a principal suspeita de seu desaparecimento. A mulher é obrigada a tentar reconstruir as suas memórias para livrar seu nome e conseguir sair do hospital; porém, quanto mais ela lembra, mais começa a suspeitar de tudo e todos.

Tabula Rasa é considerada um suspense psicológico belga e foi gravada em holandês, uma das línguas oficiais do país. A série tem uma aprovação de 96% da audiência no agregador Rotten Tomatoes; é descrita como “perturbadora”, “poderosa” e “apavorante” e bastante elogiada por suas reviravoltas.

Capadocia (México) - HBO

Reprodução/HBO

Muito antes de Orange is the New Black fazer sucesso mundial, uma série de TV mexicana já mergulhava nos meandros do encarceramento feminino. Capadocia: Un Lugar Sin Perdón conta as histórias de diferentes mulheres presas em um complexo penal experimental na Cidade do México. A série explora as razões distintas pelas quais as mulheres foram presas e aborda o conflito de interesses de quem comanda a prisão.

Capadocia estreou em 2008 na HBO Latin America e acumulou 39 episódios em 3 temporadas. A série foi indicada a três prêmios Emmy Internacional: Melhor Série de Drama, Melhor Atriz (para Cecilia Suárez) e Melhor Ator (para Óscar Olivares).

As Telefonistas (Espanha) - Netflix

Reprodução/Netflix

Na Madri de 1928, uma moderna empresa de telecomunicações dá início às suas operações, contratando jovens mulheres para trabalharem como telefonistas. Na série acompanhamos as alegrias e atribulações de Lidia, Carlota, Marga e Ángeles em seus relacionamentos com a família e seus amores, considerando também as diversas dificuldades que as mulheres da época enfrentavam.

As Telefonistas estreou em 2017; até o momento, tem 3 temporadas com 8 episódios cada. A quarta temporada está prevista para ser lançada ainda em 2019. Um sucesso na Espanha, o seriado recebeu diversos prêmios e indicações em premiações do país.

Atelier (Japão) - Netflix

Reprodução/Netflix

Uma espécie de O Diabo Veste Prada do Japão, mas focada em lingeries, Atelier é centrada em Mayuko Tokita. A jovem começa a trabalhar em um ateliê de lingeries chamado Emotion, no distrito de Ginza, em Tóquio; lá ela precisa lidar com sua chefe, a estilista e criadora da marca, Mayumi Nanjo, e encontrar o seu lugar dentro da empresa. Mayumi é bastante inspirada em Anna Wintour, editora da revista Vogue.

Para quem gosta de moda e dramas asiáticos, Atelier é uma boa pedida. Trata-se, sobretudo, de uma história de amadurecimento, autoconhecimento e sobre entender onde se encontram os seus valores. Atelier tem uma temporada com 13 episódios disponíveis na Netflix.

Epitáfios (Argentina) - HBO

Reprodução/HBO

A fim de tentar resolver o caso de um assassino em série atormentado pelo passado, os detetives Renzo Márques e Marina Segal se juntam à psiquiatra Laura Santini. Eles precisam seguir pistas deixadas em um epitáfio, as quais indicam quem será a próxima vítima. Epitafios aborda sequestros, assassinatos, vingança, trauma e tudo o que pode se esperar de uma produção policial.

Epitafios foi a primeira série da HBO Latin America filmada na Argentina. Ela foi originalmente lançada em 2004 e teve uma segunda temporada em 2009 — a trama é diferente, mas os detetives seguem os mesmos.

Coisa Mais Linda (Brasil) - Netflix

Reprodução/Netflix

Com um título inspirado na música de Tom Jobim e de Moraes, Coisa Mais Linda é ambientada no Rio de Janeiro entre as décadas de 1950 e 1960, bem na ascensão da Bossa Nova. A personagem principal, Maria Luíza, é uma moça recatada da época, dependente de pai e marido. Quando Pedro, seu marido, a deixa, ela muda de São Paulo para o Rio, onde faz amizades e descobre sua própria força e independência em outras mulheres e na música.

Coisa Mais Linda é a quarta série brasileira produzida originalmente pela Netflix. Criada por Giuliano Cedroni e Heather Roth, é estrelada por Maria Casadevall, Pathy Dejesus, Fernanda Vasconcellos, Mel Lisboa, Leandro Lima e Ícaro Silva.

Kingdom (Coreia do Sul) - Netflix

Reprodução/Netflix

Situada na Coreia medieval, Kingdom conta a história do Príncipe Yi-Chang, que é obrigado a fazer uma missão para investigar uma doença misteriosa que está se espalhando pelas províncias ao sul do país. Com uma mistura de história e sobrenatural, a série explora as relações de poder da Coreia e a busca do príncipe para evitar um golpe de Estado e prevenir que a praga continue se espalhando a ponto de chegar até sua cidade natal, a atual Seul.

Kingdom é a primeira série sul-coreana original da Netflix. A história é uma adaptação do quadrinho digital "Kingdom of the Gods". Tendo recebido várias críticas positivas, a série foi renovada para uma segunda temporada.

El Marginal (Argentina) - Netflix

Reprodução/Netflix

Miguel Palacios é um ex-policial preso em San Onofre sob um nome falso e um caso judicial mais falso ainda. Seu objetivo é se infiltrar, conquistar a confiança de gangues e dos guardas e, finalmente, juntar informações sobre o sequestro da filha de um juiz. A missão de Palacios é conhecida por poucos e, quando as coisas dão errado e ele perde contato com aqueles que sabem sobre ele, o policial precisa fugir da prisão e retomar sua vida e identidade.

El Marginal é uma série da Televisão Pública Argentina; a Netflix adquiriu os direitos de transmissão após o fim da primeira temporada. A produção tem duas temporadas, e uma terceira deve estrear na segunda metade de 2019.

Stranger (Coreia do Sul) - Netflix

Ainda quando criança, Hwang Shi Mok precisou realizar uma cirurgia no cérebro que deixou sequelas. Já adulto, ele é uma pessoa bastante racional, mas incapaz de sentir emoções, o que o torna uma pessoa fria e solitária. Ao mesmo tempo, é um dos poucos promotores que não se envolvem em corrupção.

Ao conhecer a policial Han Yeo Jin em uma estranha cena de crime, os dois precisam trabalhar em equipe para solucionar um misterioso assassinato e acabam descobrindo uma trama de corrupção que vai além do que esperavam.

A série foi sucesso de crítica e público, tendo sido considerada uma das melhores de 2017 pelo jornal americano The New York Times e concorrido a diversos prêmios na Coreia do Sul. Stranger tem Cho Seung-woo e Doona Bae nos papéis principais; a segunda temporada está prevista para estrear ainda em 2019.

O Perfume (Alemanha) - Netflix

Reprodução/ZDFneo

Quando o corpo de uma mulher é encontrado no rio Reno, com seus pelos pubianos removidos e glândulas extirpadas, os investigadores Nadja Simon and Matthias Köhler e o promotor Grünberg tentam descobrir o que aconteceu com ela. As suspeitas se voltam para um grupo de amigos que frequentaram o mesmo internato que a vítima e costumavam experimentar com aromas.

Fortemente inspirada no livro "Perfume: a história de um assassino", do autor alemão Patrick Süskind, e no filme de mesmo nome, O Perfume é um drama policial que conseguiu cativar crítica e público em seus seis episódios. Ainda não foi anunciado se a série terá uma segunda temporada.

A Louva-a-deus (França) - Netflix

Reprodução/TF1

Conhecida como a Louva-a-deus, Jeanne Deber é uma assassina em série que atormentou a França 25 anos atrás. Agora, atrás das grades, ela tem a oportunidade de ajudar a polícia a encontrar um novo assassino que usa os seus crimes como inspiração. A única condição apresentada por Deber é trabalhar somente com o Detetive Damien Carrot, seu próprio filho. Damien precisa engolir o ressentimento com relação à mãe para prender o assassino.

A Louva-a-deus é uma minissérie francesa de suspense policial de seis episódios. Ela teve os seus direitos de distribuição adquiridos pela Netflix, e é provável que não haja uma segunda temporada.

Edha (Argentina) - Netflix

Reprodução/Netflix

Edha é uma estilista visionária e bem-sucedida. Tudo parece estar indo bem até conhecer Teo, um modelo misterioso que a inspira a criar uma linha de roupas masculinas. Absolutamente perdida em sua química com Teo, Edha não percebe que ele, movido por vingança, põe em prática uma série de traições que fazem com que tudo desabe ao seu redor. Edha aborda assuntos como trauma, suicídio, vingança e, é claro, moda.

Edha é a primeira série argentina produzida originalmente para a Netflix e estreou em março de 2018, com 10 episódios. Ainda não existem informações sobre renovação.

Suburra: Sangue em Roma (Itália) - Netflix

Reprodução/Netflix

Suburra: Sangue em Roma é um drama criminal que serve como uma prequela para o filme Suburra, de 2015. A série é baseada em fatos reais das investigações sobre a Mafia Capitale e aborda temas como conflitos de poder e corrupção não apenas dentro do crime organizado italiano, mas também na política e na Igreja. A produção é baseada no livro de mesmo nome, dos autores Giancarlo De Cataldo e Carlo Bonini.

Suburra é a primeira série italiana produzida originalmente pela Netflix, em parceria com a emissora RAI. Ela tem 18 episódios distribuídos em 2 temporadas na plataforma e foi renovada para uma terceira, que deve estrear em 2020.

Qual série de língua não inglesa você acha que deveria estar na sua lista? E qual é a sua favorita? Conte nos comentários!

Esta matéria foi produzida originalmente para o site Minha Série

Comentários

Conteúdo disponível somente online
As melhores séries de língua não inglesa nos serviços de streaming