Em um evento transmitido ao vivo pela internet, a produção do próximo longa de James Bond fez diversas revelações sobre o que podemos esperar do filme do agente secreto mais hi-tech da história do cinema.

O diretor Cary Fukunaga e os produtores Barbara Broccoli e Michael G. Wilson foram reunidos na residência do criador de 007, Ian Fleming, na Jamaica, onde se passaram outras aventuras do agente, como “007 contra o Satânico Dr. No” e “Com 007, Viva e Deixe Morrer”. Foi nesse lugar também que Fleming escreveu todos os livros que inspiraram a franquia do cinema. Fukunaga ainda confirmou as locações de filmagem: além da Jamaica, cenas foram gravadas na Noruega, na Itália e no Pinewood Studios, em Londres.

Aparentemente, Christoph Waltz, que viveu o icônico Ernst Blofeld em 'Spectre', não deve retornar

Foram confirmados os retornos dos atores Ralph Fiennes, Naomie Harris, Léa Seydoux, Jeffrey Wright, Rory Kinnear e Ben Whishaw para contracenarem com Daniel Craig, que faz o seu último 007. Como novidades, os atores Dali Benssalah, Lashana Lynch, David Dencik, Ana de Armas, Billy Magnussen, além de Rami Malek, famoso recentemente pelo papel de Freddie Mercury no filme “Bohemian Rhapsody”, que foi confirmado como um dos vilões do filme. Aparentemente, Christoph Waltz, que viveu o icônico Ernst Blofeld em “Spectre”, não deve retornar.

O novo filme de James Bond, ainda sem título confirmado, tem estreia marcada para o dia 8 de abril de 2020.

Cupons de desconto TecMundo: