Google fecha Spotlight Stories, estúdio premiado de filmes imersivos

1 min de leitura
Imagem de: Google fecha Spotlight Stories, estúdio premiado de filmes imersivos
Avatar do autor

Google anunciou que está fechando seu estúdio de filmes imersivos Spotlight Stories. A informação foi divulgada por e-mail pela produtora executiva Karen Dufilho, responsável pela equipe. “O Google Spotlight Stories está fechando suas portas depois de 6 anos fazendo histórias e as colocando em celulares, telas, realidade virtual e em qualquer outro lugar onde tivéssemos a chance”, afirmou.

Embora a companhia não tenha revelado mais informações oficiais sobre o caso, a Variety apurou que os funcionários do estúdio receberam a chance de procurar outras posições dentro do Google. No entanto, a maioria da equipe que trabalhava no Spotlight era contratada temporariamente, variando dependendo da demanda.

O Spotlight Stories foi criado originalmente dentro da Motorola como uma forma de explorar o potencial de curtas-metragens em 360 graus e dispositivos de realidade virtual. Ele foi absorvido pelo Google quando a empresa comprou a Motorola em 2011 e continuou produzindo filmes dentro da nova empresa.

No total, foram 13 produções criadas ao longo desses anos, incluindo uma parceria com Justin Lin, diretor da franquia “Velozes e Furiosos”. Uma das criações mais bem-sucedidas do estúdio foi “Pearl”, que venceu um Emmy e chegou a ser indicado ao Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação.

Outros destaques incluem uma abertura especial de “Os Simpsons” comemorando 600 episódios da série e um tie-in recente com “Ilha de Cachorros”, do diretor Wes Anderson. Você pode assistir aos filmes do Spotlight Stories no canal oficial do estúdio no YouTube.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google fecha Spotlight Stories, estúdio premiado de filmes imersivos