Em outubro deste ano, uma atualização para o sistema operacional dos carros da Tesla adicionou dois jogos clássicos da Atari aos veículos elétricos: Centipede e Missile Command. Eles podem ser acessados através do painel do automóvel e uma das ideias é que os motoristas joguem enquanto carregam a bateria.

Mas já que estamos falando de um carro, nada seria mais natural que adicionar jogos de corrida como uma opção, certo? Isso levou um usuário a fazer uma pergunta diretamente para Elon Musk, fundador e CEO da companhia. “O que você acha de uma versão de Mario Kart em que você pode jogar contra pessoas aleatórias que também estão carregando seus carros?”, questionou.

Em sua resposta, Musk disse que até tentou fazer algo do tipo, mas a Nintendo teria se recusado a licenciar a franquia Mario Kart. Como é um comentário curto, não ficou claro se a possível negociação sobre o assunto estava avançada no momento da recusa.

De qualquer maneira, a decisão da Nintendo não é nada surpreendente quando levamos em consideração o histórico da companhia japonesa de proteger suas principais marcas e valorizar o lançamento de jogos apenas nos próprios consoles.

As grandes exceções recentes são os games feitos para smartphones, como foi o caso de “Super Mario Run”. Aliás, no início do ano a Nintendo confirmou que está trabalhando em uma versão de Mario Kart exclusiva para dispositivos móveis.

Cupons de desconto TecMundo: