Pode ser que a “geração Netflix” não se lembre, mas ir às videolocadoras nos anos 80, 90 e até meados de 2000 era um verdadeiro programa cultural. As lojas não somente ofereciam amplos catálogos de VHS e DVDs — mais tarde Blu-rays — como também eram ambientes de pesquisa, descoberta, ponto de encontro e entretenimento. E uma das grandes responsáveis pela evolução desse setor no período foi a rede Blockbuster, que tinha tantas unidades quanto farmácias ou padarias por aí. Eis que, com o aumento da pirataria — principalmente via torrent  — e a chegada do streaming, tudo isso acabou. Correção: ainda não terminou, pois há uma única sobrevivente da Blockbuster no planeta.

O aluguel de filmes, séries e videogames era um grande negócio e no seu auge a Blockbuster atingiu 9 mil lojas e empregou mais de 84 mil funcionários ao redor do globo. Agora, seu momento derradeiro está muito próximo. Depois de fechar quase toda a franquia e de dividir espaço com outras empresas — a exemplo das Lojas Americanas —, restaram somente três instalações.

Acontece que Kevin Daymude, gerente de duas dessas últimas lojas no Alasca, postou ontem (12) no Facebook um comunicado sobre o fim de suas atividades, após 28 anos “de ótimas lembranças”, diz o emocionado adeus. Portanto, sobrou apenas uma última Blockbuster em todo o mundo. E onde ela está?

blockbuster

Bem, essa guerreirinha fica em Bend, Oregon, e ainda não se sabe quanto tempo ela vai resistir. Se vale de alento, dá para dizer que tudo seria bem mais monótono e menos divertido sem a presença da Blockbuster por aqui, principalmente nos anos sem internet.

Cupons de desconto TecMundo: