Responsável por games como Braid e The Witness, Jonathan Blow está desenvolvendo uma nova linguagem de programação que, em suas palavras, pode aumentar a produtividade de criadores em até 80%. Segundo ele, o motivo para o projeto é simples: a C++ “é simplesmente terrível, terrível”.

Braid

“As pessoas pensam que uma linguagem de programação tem que ser um ecossistema complicado. Eu não quero aprender um ecossistema durante um ano, eu só quero colocar gráficos 3D ali”, afirmou Blow durante a conferência Gamelab. Segundo ele, a percepção de que o C++ não servia mais surgiu durante o desenvolvimento de The Witness.

Maior qualidade de vida

Com sua nova linguagem, Blow espera oferecer aos programadores uma maior qualidade de vida, simplificar processos e aumentar o “poder de expressão” dos desenvolvedores. Conhecida como “Jai Blow”, a nova linguagem usa a experiência adquirida durante a criação de games que são grandes e complicados, mas que estão de olho nos lados cosméticos — algo que o criador pretende trazer a seu novo projeto.

The Witness

Para provar o potencial de sua nova linguagem, Jonathan Blow pretende utilizá-la como base para a criação de seu novo game, que está sendo desenvolvido em parceria com a companhia Theklas Inc. O projeto mais recente de Blow é The Witness, game que chegou ao PlayStation 4, Xbox One, PC e iOS em 2016.

Criador de Braid desenvolve nova linguagem de programação via Voxel

Cupons de desconto TecMundo: