Segundo o Wall Street Journal, a Nintendo estaria adiando um “produto” que viria calhar para alguns jogos third-parties: o cartucho (game card) de 64 GB chegará somente em 2019, de acordo com o boato. De acordo com o artigo, a previsão era lançar essa versão maior na segunda metade de 2018, facilitando a vida de algumas desenvolvedoras.

A notícia do Wall Street Journal diz que o motivo do suposto adiamento é por conta de problemas técnicos não esclarecidos. Mas o que é exatamente esse cartucho? Atualmente, a Nintendo oferece a opção para os desenvolvedores colocarem seus jogos em cartões de 1, 2, 4, 8, 16 ou 32 GB, mas alguns títulos maiores, como a coletânea Resident Evil Revelations Collection, que pesaria 34 GB, não caberia nas opções atuais.

Switch

Portanto, nesse caso seria necessário ter a opção de um cartucho maior. Algumas produtoras, como a própria Capcom, têm optado pela opção de colocar apenas parte do game no cartucho e deixar o jogador baixar a outra, mas isso acaba sendo um problema para o usuário, já que a memória interna utilizável do Switch é de apenas 24 GB.

Mesmo que o boato se prove verdadeiro, ainda que o cartucho maior chegasse em 2018, há um outro obstáculo: o preço. Segundo algumas informações na internet, para um desenvolvedor colocar o seu jogo em uma mídia física da Nintendo no mesmo preço que ele gastaria no Xbox One e PlayStatuon 4, ele teria que optar pela versão de, no máximo, 8 GB. Todos os outros modelos de tamanho acabariam aumentando o custo, o que poderia ser repassado ao consumidor.

Rumor: Nintendo vai adiar para 2019 cartuchos de 64 GB para jogos de Switch via Voxel

Cupons de desconto TecMundo: