Não há dúvidas de que Pokémon GO se tornou uma febre ao redor do globo, e por conta disso era de se esperar que alguns clones surgissem aqui e ali. Entretanto, algumas vezes essas ideias vão um pouco além daquilo que se espera para algo comum – a menos que você considere a proposta de capturar um namorado ou namorada com uma pokébola uma prática normal.

Devaneio da nossa parte? Antes fosse, pois existe um jogo exatamente com essas especificações. Pocket Boyfriend GO e Pocket Girlfriend GO se encaixam exatamente nesse grupo, e coloca o jogador ou jogadora no papel de um caçador(a) que deve encontrar garotos ou garotas e lançar as esferas para que tais avatares se unam ao seu grupo.

Da mesma forma como acontece no game com as criaturas de bolso, você deve acompanhar o radar para ver quando uma nova pessoa (soa até estranho escrever algo assim...) está nos arredores. Assim que encontrá-la, basta tocar várias vezes na pokébola até que o pretendente ou a pretendente apareça na sua coleção. Cada uma dessas adições traz também uma nota de parabéns, além de mostrar as características pertinentes a eles.

Eis como uma das pessoas capturadas aparece

Aparentemente há um limite de pessoas que você pode ter no seu catálogo, mas fica a torcida para que esse número seja ampliado conforme você avança nessa jornada.

Popular entre o público

Um dado curioso é o fato de que esses games têm se mostrado bem populares entre o público. Apesar de ambos terem sido lançados em abril, Pocket Girlfriend GO já foi instalado aproximadamente 50 mil vezes, enquanto Pocket Boyfriend GO ultrapassou a marca de 100 mil downloads.

Pocket Girlfriend GO já foi instalado aproximadamente 50 mil vezes, enquanto Pocket Boyfriend GO ultrapassou a marca de 100 mil downloads

Outra informação que vale ser destacada é o fato de a Pocket Catch Games, empresa responsável por esses títulos, ter lançado seu primeiro jogo baseado no sucesso da Niantic dois meses depois que Pokémon GO foi disponibilizado.

Cupons de desconto TecMundo: