Uma companhia israelense, a Urban Aeronautics, está desenvolvendo um carro autônomo capaz de voar, que poderá ser usado em operações de resgate, em combates e para a entrega de cargas e suprimentos médicos em locais de difícil acesso.

O AirMule, como foi batizado, é um carro autônomo, isto é, não precisa existir um piloto para que ele funcione corretamente. Ele possui um sistema de localização, com GPS e sensores de posição, para que possa ser controlado do solo, mesmo à distancia e sem visibilidade.

Veículo voador pode auxiliar o resgate e a entrega de cargas em locais remotos (Fonte da imagem: Divulgação/Urban Aeronautics)

Apesar de ser um carro voador, ele não é capaz de alcançar grandes altitudes (testes realizados em 2010 utilizaram a distância do solo de aproximadamente 2 pés, ou 60 cm do solo, em média), já que o seu objetivo é conseguir pairar sobre o chão apenas o suficiente para conseguir passar por terrenos muito acidentados, aos quais um carro comum não conseguiria chegar.

O carro voador israelense ainda está em fase de testes, porém, segundo o fabricante, ele está mostrando bons resultados e já acumula mais de dez horas de voo no total. O seu uso poderá auxiliar o exército israelense a enviar ajuda a lugares remotos e de difícil acesso, e poderá facilitar inclusive o resgate de pessoas nesses locais.