Moog, criação do designer Klaud Wasiak.Fonte da Imagem: Wasfire.com

O designer canadense Klaud Wasiak criou um carro cujo barulho é inspirado na música eletrônica. Não, não quer dizer um carro com sistema de som de última geração, capaz de estremecer paredes. Ele simula efeitos da música eletrônica, mais precisamente do gênero Minimal Techno.

O veículo se chama Moog e o efeito sonoro é resultado de uma mistura de elementos alienígenas (tema frequente na história do gênero musical inspirador) que acompanha o giro do motor. O som é emitido pelas rodas.

Até chegar ao modelo proposto, Wasiak precisou pesquisar muito sobre música eletrônica e criação dela. É um tema abstrato, mas foi possível identificar e aplicar características peculiares no conceito final.

O Moog é tipicamente futurista: pequeno, com muitas curvas arredondadas, pneus menores do que os habituais e espaço para duas pessoas. À primeira vista, as lanternas passam despercebidas, mas elas saltam aos olhos quando acionadas.

Além da sonoridade futurista, o veículo é ecologicamente correto.Fonte da Imagem: Wasfire.com

Sob o veículo, são espalhados aleatoriamente fractais. Alguns elementos “saltam” do veículo para tornar-se mais impactantes no exterior, em uma analogia ao efeito dos graves em música eletrônica. Os mesmos fractais também captam ruídos e vibrações da rua, que são convertidos em energia utilizada na parte elétrica do veículo. Portanto, o Moog é um conceito ecologicamente correto também.

Segundo Wasiak, o Moog é um “palpite” sobre a sonoridade de veículos no futuro próximo, não somente em relação ao som, mas também sobre os efeitos que a textura do áudio sugere. O designer também afirma que as iniciativas de substituição de veículos tradicionais por elétricos é uma oportunidade para criar novos sons, diferentes daqueles que estamos acostumados: “É a chance de estimular nossas paisagens com algo mais expressivo”, explica Wasiak em seu site.

Confira uma demonstração do motor do Moog com um arquivo no formato MP3 que você ouve e faz o download clicando aqui.