Muitos acreditam que a vida após a invenção do computador se tornou muito mais fácil. Poder apagar o que foi digitado errado com uma tecla (algo muito mais complicado de se fazer com as pesadas e monstruosas máquinas de datilografia); pesquisar sobre tudo e sobre todos através de uma simples caixa de texto, sem precisar folhear centenas de páginas de uma enciclopédia; e conversar com pessoas que estão a milhares de quilômetros como se elas estivessem ao seu lado são apenas alguns dos benefícios promovidos por essa tecnologia.

Nesse sentido, realmente temos que concordar que ganhamos uma imensa praticidade e comodidade durante o nosso dia a dia. Contudo, não podemos afirmar que a nossa rotina tenha ficado mais tranquila.

Em meio a uma infinidade de componentes eletrônicos, um emaranhado de cabos e uma série de requisitos de compatibilidade entre softwares, as falhas dos PCs são mais comuns do que imaginamos. E são nesses momentos que aquela máquina tão útil e com ferramentas excepcionais é capaz de despertar a ira de qualquer um de nós.

1. Quando um plugin trava o navegador

Sem dúvida, a internet é responsável por uma experiência muito mais rica e prática na frente do computador. Ela realmente permitiu que nós pudéssemos atravessar o mundo sem sair da cadeira. Algo indispensável para isso são os navegadores, que muitas vezes causam dores de cabeça horríveis.

Ao longo do seu desenvolvimento, os browsers deixaram de ser um mero aplicativo de conexão com a web para se tornar agendas, listas de tarefas, players de áudio e vídeo, entre outras funcionalidades que exigem a instalação de plugins. O grande problema é quando esses complementos apresentam falhas e acabam travando o navegador.

Com isso, o browser inevitavelmente precisa ser reiniciado, o que pode fazer com que você perca os dados não salvos nas páginas que estavam abertas. Nessas situações, é como se estivéssemos em um barco com uma bússola quebrada, ou seja, viramos navegadores sem direção.

2. As constantes falhas do modem

Uma evolução formidável dos computadores são os notebooks. A portabilidade proporcionada por esses eletrônicos possibilita que tenhamos nossos documentos, aplicativos e jogos onde e quando quisermos.

Todavia, talvez a principal utilidade de um laptop seja permitir que, em uma noite fria de inverno, possamos ficar conectados à internet sem sair debaixo das cobertas. Hum... Nada melhor do que acessar seus perfis em redes sociais, conversar com amigos e familiares e explorar sites e blogs estando bem aquecido.

Pelo menos até que o modem que garante sua conexão com a web apresente erros de DNS, obrigando você a pular da cama para resetá-lo. Embora você esteja no seu quarto, a diferença de temperatura causa a sensação térmica de estar no meio do Polo Norte.

3. Eu acho todas as redes da redondeza, menos a minha

O Wi-Fi é outro invento indiscutivelmente revolucionário. Depois que você tem a oportunidade de navegar pela internet sem estar conectado a qualquer cabo, ter que ficar preso a um fio é quase um método de tortura.

Embora acessar redes sem fio seja uma comodidade para qualquer internauta, ela também é capaz de incitar a ira das pessoas. Uma situação muito comum para fazer o seu sangue esquentar é quando o computador ou notebook encontra todas as redes Wi-Fi em um raio que cobre toda a quadra da sua casa, menos a sua conexão – pela qual você paga muito caro!

4. Notificações em primeiro plano

Isso já deve ter acontecido com você e provavelmente o deixou enraivecido: durante a execução de um filme épico ou enquanto você enfrentava o chefão final do seu jogo predileto, uma notificação assume o primeiro plano de apresentação do sistema operacional – cortando a execução de qualquer outro conteúdo.

Pronto, isso é mais do que o suficiente para tirar você do sério – ainda mais se forem aqueles avisos completamente desnecessários sobre a atualização de um programa que você usa esporadicamente ou que há alguma configuração a ser realizada na Central de Ações do Windows.

Isso é a mesma coisa que você ser interrompido pela sua esposa ou um bando de “sem-noção” que passa pela frente da TV enquanto você assiste à partida do seu time de coração, com uma cerveja gelada ao lado, em uma tarde quente de domingo.

5. Tirando o foco de digitação

Outra coisa que facilmente faz a pressão sanguínea de qualquer pessoa aumentar é o roubo do foco de digitação do teclado. Esse tipo de acontecimento é muito comum em páginas nas quais existem campos de login e senha.

Por algum motivo bizarro, que parece ter sido feito especificamente para irritar você, basta desviar o olho da tela para o teclado (com o intuito de não digitar algo errado) que a seleção do campo é automaticamente passada para outro elemento do site. Assim, o que foi escrito segue para o limbo ou, o que é pior, para um lugar indesejado.

Na vida real, seria como você estar escrevendo um bilhete para o seu chefe quando uma mulher deslumbrante (ou um homem charmoso) entra na loja e tira completamente a sua atenção, fazendo você rabiscar à caneta um documento importante que estava ao lado.

6. Lixoware: instalação de softwares adicionais

Ao longo do nosso cotidiano no computador, nós vamos instalando uma série de programas para realizarmos nossas tarefas de forma mais eficiente ou descomplicada. Porém, muitos desses softwares implementam aplicativos adicionais, como spyware, barras de ferramentas e de pesquisa, sem qualquer autorização.

Com isso, quando você se dá conta, o seu navegador já está entupido de barras e adereços – chegando a comprometer o desempenho da máquina e metade da área de visualização do browser. Em uma analogia com o “mundo offline”, seria como encher uma motoneta que não possui nem 50 cilindradas de parafernálias e querer que ela atinja 100 km/h.

Todavia, devemos ser justos, pois há também as empresas que adotam práticas mais honestas e que deixam claro, durante o processo de instalação, que o usuário deve escolher se deseja ou não instalar esses programas complementares.

7. Reinicializando em 3, 2... Agora!

Até aqui, nós abordamos diversas situações irritantes. Mais a reinicialização automática do sistema operacional é com certeza uma das que causam mais problemas para os usuários de computador.

Como sabemos, o PC está constantemente realizando multitarefas, ou seja, enquanto você edita um documento, ele permanece executando uma infinidade de outros processos que já haviam sido iniciados ou que permitam o funcionamento do editor de texto.

Quanto atualizados ou na existência de alguma falha, alguns desses recursos têm a “liberdade” de reiniciar o sistema com o intuito de reestabelecer a sua ordem de funcionamento. O problema é que, fazendo isso sem prévio aviso, o sistema acaba pegando você de surpresa – não tendo tempo de fechar e salvar suas tarefas.

Em alguns casos, isso pode causar problemas astronômicos. Imagine-se no controle de uma importante missão militar espacial, que está prestes a ter a sua espaçonave lançada, quando inesperadamente o computador da central de comando resolve reiniciar. É, a contagem regressiva foi abortada!

8. Captchas indecifráveis

O captcha é um sistema que funciona como uma espécie de teste para verificar se a pessoa que está tentando acessar determinado conteúdo é realmente um ser humano – evitando que códigos e softwares realizem atividades ilegais ou maliciosas em sites, blogs, redes sociais e outros serviços online.

Porém, alguns captchas exigidos parecem ter sido criados por antigos povos extintos ou raças alienígenas, pois eles são simplesmente indecifráveis. E não adianta pressionar o botão para a exibição de uma nova figura porque cada vez elas vêm mais distorcidas.

Ao nos depararmos com esses caracteres que nem sabíamos que existiam, mais parecemos historiadores, arqueólogos ou egiptólogos tentando decifrar a primeira pedra encontrada na história contendo hieróglifos.

9. Anúncios que perduram pela eternidade

Uma prática tem se tornado muito comum na internet nos últimos tempos: é a apresentação de anúncios publicitários que se sobrepõem ou servem de acesso a uma página da internet. A existência desse tipo de propaganda não é o que nos deixa irados, afinal de contas é uma forma de os sites e serviços sobreviverem.

O que deixa qualquer um à beira de um ataque do sistema nervoso é o fato de alguns deles durarem até 15 segundos – período que é praticamente uma eternidade na internet, um ambiente em que velocidade é a qualidade mais significativa. Esperar todo esse tempo para visitar o conteúdo desejado é como se um atleta que disputa os 100 metros rasos largasse com a prova já finalizada.

10. Aqui jaz um PC

A tenebrosa “tela azul da morte” persegue os donos de computadores com Windows há décadas. Na verdade, desde que o sistema operacional existe ela tem levado máquinas a óbito em todo o planeta.

Se você já a encontrou em seu PC, sabe que, ao ler aquela mensagem de erro com um plano de fundo azulado, é inevitável sentir um frio na espinha só de pensar em perder todos os seus arquivos e dados.

Entre as lendas urbanas contemporâneas, existem relatos de que jovens tomados pelo medo que, após terem encarado a “tela azul” por muito tempo, saltaram por suas janelas. Essa falha pode ser literalmente fatal.

11. Mouse com vida própria

Seguindo a linha de histórias macabras, algumas pessoas afirmam que seus mouses têm vida própria. Os periféricos parecem ser controlados por alguma força sobrenatural e, sempre que você vai clicar em um link ou botão, o cursor é desviado para outra posição da tela, sem você ter movido a sua mão um milímetro sequer.

Caso isso aconteça com você, tenha calma! O mais provável é que o sensor (para modelos ópticos) ou a “bolinha” que aciona os dispositivos mecânicos do seu mouse esteja com defeito. Mesmo assim, esses aparentes impulsos involuntários do mouse podem colocar você em situações constrangedoras.

Por exemplo: você está na sala de informática da sua faculdade ou escola fazendo uma pesquisa para um trabalho. Em um dos sites acessados, existiam links relacionados para mais fontes de informação e alguns anúncios mais “acalorados”.

Você posiciona o cursor sobre o atalho para outra página com conteúdo para a sua pesquisa, mas, no momento do clique, ele inesperadamente pula para cima do banner com luzes piscando. Por azar, a sua colega de sala passava atrás de você nesse exato momento. Não há desculpas, pois dificilmente alguém acreditará que você acessou imagens eróticas sem querer.

.....

E para você? Qual dessas falhas o deixa mais enfurecido? Existe algum outro problema apresentado pelo seu computador que consegue deixar você vermelho de raiva? Deixe seu comentário e compartilhe suas experiências!

Crédito das imagens: André Tachibana.

Cupons de desconto TecMundo: