(Fonte da imagem: Reprodução/Sony)

Durante a conferência em que a Sony anunciou o PlayStation 4 em fevereiro, a companhia também revelou que pretende usar o serviço de streaming pela nuvem Gaikai para transmitir jogos de PlayStation 3 no PlayStation 4 – serviço que será lançado inicialmente nos Estados Unidos. Durante uma entrevista com o presidente da Sony Worldwide Studios, Shuhei Yoshida, ao site Dengeki Online, no entanto, o executivo revelou que os planos da companhia são bastante ambiciosos.

“Nós gostaríamos de oferecer a experiência PlayStation em todos os dispositivos. Então nós estamos considerando coisas como PC, TVs, aparelhos de Blu-ray, smartphones e tablets. Nós esperamos expandir a experiência não apenas para aparelhos da Sony, mas todos eles. No entanto, isso ainda está sendo estudado”, explicou o executivo.

Em seguida, Yoshida comentou um pouco mais sobre a possibilidade de investir em outros dispositivos. “Nós já discutimos anteriormente sobre transformar a marca PlayStation em algo mais próximo de um serviço em vez de um hardware. É claro que nossos consoles ainda estariam no centro desta estratégia, mas nós gostaríamos de expandir a experiência para outros dispositivos”, concluiu.

Transformar o nome PlayStation de uma marca de consoles para um serviço de jogos é uma ideia bastante ousada e, a princípio, bastante estranha. Em uma realidade em que dispositivos como smartphones, tablets e PCs competem com o mercado de consoles, no entanto, abraçar as plataformas concorrentes com um serviço de streaming pode ser uma estratégia interessante.

No entanto, oferecer jogos e recursos exclusivos para estas outras plataformas também pode tornar os consoles da companhia menos atraentes para os consumidores. Contudo, é bom lembrar ainda que, de acordo com Yoshida, a ideia ainda está sendo estudada pela Sony e não foi confirmada ainda. Será que esse é realmente o caminho?

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: