Entre todos os nomes que passam de baixo para cima nos créditos finais de um filme, vários são vitais para que o longa-metragem seja transformado de algo quase amador em um blockbuster hollywoodiano. Um deles é o colorista, que muita gente nem sabia que existia — ou que tinha uma missão tão importante na pós-produção.

O vídeo acima ilustra bem como esse profissional é essencial para o cinema. Em pouco mais de dois minutos, cenas do filme independente "The House On Pine Street" são mostradas antes e depois do trabalho do colorista — no caso, Taylre Jones, que realizou um trabalho bastante profissional no longa. É fácil reconhecer quais são as gravações "cruas" e as que foram tratadas. Em alguns casos, são aplicadas várias camadas de tratamento, deixando o clipe cada vez mais impressionante.

Pelo clipe, percebemos que cores de objetos, iluminação e contraste são radicalmente alterados na pró-produção, conferindo uma carga dramática maior e deixando as gravações com "cara de cinema". Se em filmes independentes e que não exigem tantos efeitos especiais, como é o caso de "The House On Pine Street", imagine a quantidade de alterações feitas em um "Homem-Formiga", por exemplo.

Cupons de desconto TecMundo: