Imagem de: NASA enviará relógio atômico para o espaço, mas não para contar as horas

NASA enviará relógio atômico para o espaço, mas não para contar as horas

1 min de leitura
Avatar do autor

NASA enviará um relógio atômico compacto para o espaço no dia 22 de junho, mas ele não está relacionado com a necessidade de os astronautas de saberem a hora. Na verdade, o equipamento não servirá para contar o tempo, mas para ajudar na exploração espacial, já que poderá fornecer informações e dados sobre navegação, além de fazer medições gravitacionais.

Isso é importante porque mudará a forma como são feitas hoje as navegações no espaço, que dependem da comunicação com bases na Terra para ocorrer. Ou seja, atualmente, os satélites e as naves espaciais precisam enviar informações para antenas no solo terrestre por meio de ondas de rádio. Esses dados são processados por um relógio atômico e enviados de volta com atualizações de localização e tempo para a nave.

O motivo de esse processo ainda ser realizado em mão dupla é que não existia um relógio atômico pequeno o suficiente para ser levado a bordo das embarcações. Isso mudará com o novo equipamento da NASA, que tem o tamanho da uma bola de futebol, ainda que bem mais pesado, com 17 quilos. O relógio é chamado de DSAC (Deep Space Atomic Clock).

2 décadas de desenvolvimento

Em desenvolvimento há mais de 20 anos pela agência, o DSAC também servirá para realizar experimentos científicos: como o tempo passa mais devagar em campos gravitacionais mais fortes, o relógio poderá ajudar na análise dos efeitos da gravidade.

Um desafio que precisa ser superado pelo DSAC é anular as influências de elementos externos no funcionamento de seus átomos, já que não tem a vantagem de poder ser protegido por esses fatores, como os relógios que estão nas bases da Terra.

Se bem-sucedido, porém, o equipamento poderá causar um grande impacto nas navegações, inclusive tornando as viagens mais seguras, já que tem a pretensão de ser o relógio atômico mais preciso a estar no espaço.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
NASA enviará relógio atômico para o espaço, mas não para contar as horas