Nave da SpaceX que vai levar passageiros até Marte ganha novo nome

1 min de leitura
Imagem de: Nave da SpaceX que vai levar passageiros até Marte ganha novo nome
Avatar do autor

Usando sua conta oficial no Twitter, Elon Musk, o cabeça por trás da SpaceX (e agora apenas um dos diretores da Tesla) revelou uma troca de nome importante no futuro da exploração espacial de sua empresa: o foguete que vai levar pessoas para a Lua em um futuro próximo e que se chamava Big Falcon Rocket (BFR) agora foi rebatizado como Starship.

A Starship, juntamente com os propulsores Super Heavy, será capaz de conduzir até 100 toneladas ou 100 passageiros até o planeta Marte

Na verdade, Musk explicou melhor essa mudança de nome: são duas partes, a superior, onde vão os passageiros, vai se chamar Starship, e o propulsor, o foguete propriamente dito, vai se chamar Super Heavy. A espaçonave vai substituir as que são usadas atualmente pela SpaceX, o Falcon 9, o Falcon Heavy e os foguetes Dragon. A nave de 118 metros está sendo desenvolvida no porto de Los Angeles e vai custar cerca de US$ 5 bilhões, ou R$ 18,8 bilhões.

Conquistando o espaço

A Starship, juntamente com os propulsores Super Heavy, será capaz de conduzir até 100 toneladas ou 100 passageiros até o planeta Marte. Porém, até isso acontecer, a espaçonave deve começar a ser testada sem tripulação antes do final de 2019. Os planos indicam uma tentativa de levar a nave – ainda sem passageiros – até Marte e de volta no ano de 2022 e, finalmente, em 2024, levar os primeiros humanos até o Planeta Vermelho.

Nesse intervalo, no ano de 2023, a Starship deve realizar uma missão-teste que vai levar um passageiro para uma voltinha ao redor da Lua.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Nave da SpaceX que vai levar passageiros até Marte ganha novo nome