Embora os drones estejam ficando progressivamente mais acessíveis, seja pelo número de modelos ofertados ou pelos preços cada vez mais convidativos, ainda é difícil encontrar um desses brinquedinhos que realmente mostre ao público do que a categoria é capaz quando o assunto é velocidade. Para dar uma chacoalhada nesse cenário, a UVify resolveu levar à CES 2017 uma bela novidade no segmento: o Draco, um drone de corrida que chega às suas mãos pronto para acelerar a cerca de 160 km/h. E aí, sentiu o drama?

Até agora, os usuários tinham um número seleto de opções que equilibrasse controles fáceis a uma boa agilidade de locomoção, fosse gastar alguns dólares em um pequeno veículo voador importado da China ou investir uma grana considerável nos incríveis equipamentos da DJI. Isso acontecia porque os verdadeiros modelos competitivos e feitos para disparar pelos ares eram basicamente desenvolvidos para um grupo mais especializado, disposto a fazer ajustes, comprar peças extras, mexer no aparelho e gastar horas para aprender como voar.

Compacto? Sim! Mas muito, muito potente

Com o gadget da UVify, exibido na área dedicada aos drones na feira de tecnologia norte-americana, a ideia parece ser democratizar o acesso à velocidade. É como se antes você precisasse ralar bastante e manjar muito do tema para montar seu PC para games e, agora, pudesse comprar um novinho em folha na loja e pronto para detonar na jogatina. A diferença com esse quadcóptero é que, em vez de cravar 60 fps em um jogo AAA na resolução 4K, o consumidor pode controlar uma máquina aérea em alta velocidade.

O dispositivo consegue se manter facilmente acima dos 100 km/h mesmo em manobras

Afinal, mesmo que a sua marca máxima de 160 km/h só seja alcançada em “tiros” em linha reta, o dispositivo consegue se manter facilmente acima dos 100 km/h enquanto faz curvas e segue trajetos pré-determinados. Com um belo design, partes que podem ser facilmente substituídas em caso de acidentes e um precinho relativamente camarada – cerca de US$ 499 (R$ 1,6 mil) em sua versão mais básica –, as chances são que o UVify Draco abra portas e conquiste uma nova leva de apaixonados pelos drones de corrida.

Segundo a fabricante, o equipamento – feito de fibra de carbono para dar leveza e durabilidade ao projeto – deve ser lançado no próximo trimestre, mas sua pré-venda já foi aberta para quem quiser garantir o brinquedinho veloz. Além da edição original e voltada especificamente para riscar os céus, o Draco vai contar com um modelo HD, que traz uma câmera de melhor qualidade e capacidade de fazer streaming de vídeo em tempo real durante seus voos. Será que é bom deixar o saquinho de vômito à tiracolo durante o passeio aéreo?