(Fonte da imagem: Reprodução/TheTimes)

Se você é um entusiasta de tecnologias voltadas para smartphones, é muito provável que já tenha ouvido falar sobre sistema de kill switch. Esse recurso normalmente trabalha na forma de um aplicativo e serve para que você possa desativar remotamente aparelhos roubados ou perdidos, impossibilitando que um provável ladrão faça uso dele.

A novidade sobre o assunto é o fato de que um dos professores da Universidade de Creighton (Estados Unidos), chamado William Duckworth, conduziu uma pesquisa bastante interessante sobre o sistema de kill switch — para que isso fosse possível, o estudioso trabalhou com 1,2 mil proprietários de celulares.

Salvando muito (muito) dinheiro

No final da sua análise (que estudou o padrão de comportamento de pessoas que perdem seus aparelhos), Duckworth chegou à conclusão de que o recurso de segurança em questão pode gerar uma economia de US$ 2,5 bilhões (cerca de R$ 5,7 bilhões) por ano entre os consumidores de todos os Estados Unidos.

Isso aconteceria pelo simples fato de que os donos de smartphones deixariam de gastar cerca de US$ 500 milhões (R$ 1,1 bilhão) em aparelhos e mais US$ 2 bilhões (R$ 4,6 bilhões) em seguros como forma de prevenção contra outros furtos ou roubos. Isso é algo realmente positivo para os consumidores, tanto que a pesquisa do professor constatou que 99% dos entrevistados é a favor do kill switch.

Até mesmo um projeto de lei foi enviado ao Congresso estadunidense, com a intenção de fazer com que todos os smartphones vendidos contem com este dispositivo de segurança. Isso iria, em teoria, desencorajar pessoas mal intencionadas a roubarem celulares, reduzindo o número de casos violentos — muitos deles até mesmo resultam em assassinatos.

Há algumas ressalvas

Contudo, assim como a empresa Asurion (especialista no trabalho com seguro de celulares) afirmou, não é possível levar os resultados alcançados por Duckworth “ao pé da letra”. Isso porque 60% dos smartphones que somem são alvos de perda e não de roubos ou furtos. Pessoas que tendem a ser distraídas têm mais chances de pagar por uma cobertura maior de seguros, o que já distorce um pouco a análise do professor.

Além disso, smartphones podem continuar a atrair ladrões por conta das suas peças e do dinheiro que isso gera, sendo que isso não pode ser impedido por um sistema de kill switch. Dessa maneira, apesar de otimista, o que podemos concluir do estudo de Duckworth é o fato de que esse sistema de segurança pode ser benéfico para o bolso de algumas pessoas, mas ele sozinho não é capaz de resolver o problema de roubos.

Cupons de desconto TecMundo: