Fixe seus olhos neste texto. Agora, vire a cabeça para o lado rapidamente e focalize algum objeto que está perto de você. Se você tivesse feito o mesmo com uma câmera na mão, veria que a velocidade com que o foco é ajustado no olho é muito maior do que a apresentada pela câmera (clique aqui e confira um infográfico relacionado ao tema).

O olho humano é veloz e faz com que as imagens sejam percebidas com perfeição, pois calcula as distâncias instantaneamente. Dois pesquisadores da Universidade de Nova York estão planejando levar a mesma velocidade até as câmeras digitais. Para isso, eles estão criando um algoritmo baseado em informações de alteração de foco, cores e luminosidade, sempre relacionadas à distância do foco.

Quando esse algoritmo estiver pronto, alguns testes indicarão se é viável aplicar a configuração às câmeras digitais para que, sempre que os usuários apontarem a câmera em determinada direção, as lentes se ajustem em frações de segundo para capturarem as melhores imagens.

Cupons de desconto TecMundo: