As mudanças implantadas Throsten Heins, CEO da BlackBerry, parecem ter surtido um pequeno efeito. A empresa anunciou nesta semana os números relativos ao primeiro trimestre fiscal de 2013 e, embora eles sejam positivos, ainda não há muitos motivos para comemorar.

Segundo informações da companhia foram vendidos quase um milhão de unidade do BlackBerry Z10, outros cinco milhões de unidades dos modelos antigos da empresa, além de 370 mil tablets PlayBook. OS números são superiores aos do mesmo período do ano passado e deram a empresa um lucro de US$ 94 milhões.

Entretanto, apesar da tímida recuperação, a empresa ainda precisa ficar em estado de alerta. O número de usuários dos serviços da BlackBerry, que era de 79 milhões no trimestre passado, caiu para 76 milhões, uma perda de 3 milhões de pessoas. Outro fator que pode ter contribuído para a lucratividade no trimestre foi o corte de custos imposto pelo CEO.

Cupons de desconto TecMundo: