Um grupo de pesquisadores da Universidade de Keio, no Japão, desenvolveu uma nova tecnologia que faz com que fotografias se movimentem, dependendo da distância entre elas e o observador. Para demonstrar a novidade, eles criaram um pôster de uma modelo que tenta dar um beijo em quem chega perto.

A novidade utiliza uma série de câmeras ligadas a um televisor comum, capazes de estabelecer a posição de pessoas próximas. Assim que o “beijo virtual” chega ao fim, as imagens exibidas mudam para exibir a figura encabulada da garota.

“Eu sou um grande fã de ídolos pop, e tenho pôsteres deles no meu quarto. Me incomodava o fato de que eles não se moviam. Então, construímos esse sistema porque pensamos que, se um pôster pudesse se mexer conforme as pessoas se movimentam, a situação seria bastante interativa e divertida”, explica o criador da ideia.

Aprimoramentos futuros

Segundo os desenvolvedores envolvidos no projeto, a intenção é transformá-lo em um aplicativo para o iPad. Para tornar isso possível, eles estudam empregar a câmera do aparelho ou usar um sensor de luminosidade que reage à sombra criada quando uma pessoa chega perto da tela do gadget.

(Fonte da imagem: Reprodução/DigInfo)

“O sistema atual produz somente mudanças visuais, mas também poderíamos incluir o cheiro do xampu do cabelo da modelo ou um filme com sabor de limão em seus lábios ou uma pequena caixa de som que sussurra ‘eu te amo’. Quem testou o sistema nos aconselhou a fazer isso, então pensamos que ainda há muito a adicionar. Aprendemos muito falando com usuários”, complementa o criador da tecnologia.

Cupons de desconto TecMundo: