(Fonte da imagem: Daily Mail)

O veneno altamente tóxico da cobra Viper Russell mata centenas de pessoas todos os anos, mas um estudo publicado na revista The Lancet mostra que aqueles que conseguem sobreviver à picada podem voltar a ser criança.

Segundo a pesquisa, 29% das pessoas que sobreviveram aos ataques da cobra sofreram com um problema chamado hipopituitarismo, que resulta na perda dos pelos faciais e pubianos para os homens, e perda de peso, desejo sexual e fertilidade nas mulheres. Em alguns casos, foi observada ainda a perda de habilidades mentais.

Conhecida por injetar altas doses de veneno em suas mordidas, uma picada da cobra pode causar insuficiência renal, queda da pressão arterial, redução da frequência cardíaca e hemorragia generalizada.

A Viper Russell é encontrada em abundância no Sudeste Asiático e normalmente não costuma atacar as suas vítimas, sendo considerada uma cobra dócil. Contudo, ela se torna agressiva quando provocada, emitindo um chiado que é tido como o mais alto entre as espécies.

Cupons de desconto TecMundo: