(Fonte da imagem: Blizzard)

Você reclamaria se fosse obrigado a jogar video games durante o dia inteiro? Muita gente faria isso sem problemas, mas não se você já estiver na colônia penal de Jixi, na China – e se a jogatina fosse toda convertida em lucros para seus carcereiros.

É o que acontece Heilongjiang, na região norte daquele país, segundo um ex-funcionário que contou todo o caso para o jornal britânico The Guardian. Segundo ele, os 300 detentos são forçados a jogar MMORPGs, como o consagrado World of Warcraft, durante 12 horas por dia em busca de dinheiro virtual e itens raros.

A cada jornada, especula-se que a quantia de quase US$ 1 mil fosse coletada pelos prisioneiros, que não têm direito a nenhum centavo dos lucros. O dinheiro é obtido ao vender itens e equipamentos raros pela internet, uma atividade ilegal, porém muito frequente no universo desses jogos.

Ainda segundo a fonte, o rendimento com o video game seria maior até mesmo do que o obtido através dos trabalhos físicos realizados no campo penal. Além disso, não cumprir a meta estipulada resultaria em severas punições físicas por parte dos guardas.

Cupons de desconto TecMundo: