A atriz Angel Giuffria estará presente no próximo filme de Jogos Vorazes, mas, no momento, este não é o principal assunto de sua vida. O que tem chamado a atenção é que ela acaba de receber um dos mais avançados braços protéticos disponíveis no mercado.

Ela está usando o Bebionic 3, que é 30% menor do que as próteses típicas e conta com inúmeras novas possibilidades para que Giuffria consiga ter uma vida melhor. Os eletrodos protéticos são capazes de captar os impulsos musculares em seu membro residual para que eles saibam exatamente o que ela quer fazer.

Me chame de ciborgue

A atriz, que se autodeclara uma ciborgue, concedeu uma entrevista à revista americana Popular Science para falar sobre como é viver com esse braço biônico e quais são suas opiniões sobre o futuro da tecnologia.

Giuffria contou que foi considerada a pessoa mais jovem do mundo a usar um braço biônico, com apenas quatro meses e 10 dias, e que ela teve a oportunidade de crescer com diferentes tecnologias. Uma britânica também recebeu o implante do mesmo braço biônico, relatado nesta reportagem do TecMundo.

Esmagar copos, quebrar ovos

A atriz contou também que existe uma curva de aprendizado diferente para todos os braços que ela usou, pois depende do tempo que ela consegue manejar objetos, evitando quebrar ovos, esmagar copos e pegar uma moeda de 10 centavos.

Giuffria  gosta de ser chamada de ciborgue, e diz que é empolgante ver as pessoas animadas com os avanços da tecnologia. Em seu canal no Vine, ela mostra algumas de suas habilidades com o uso do braço biônico. A longa entrevista pode ser conferida aqui (em inglês).

Cupons de desconto TecMundo: