O cofundador da Microsoft e atual filantropo Bill Gates apareceu pelo quarto ano consecutivo como a pessoa mais rica do mundo na lista da revista Forbes. De acordo com a análise da publicação, ele tem um patrimônio estimado em US$ 86 bilhões, o equivalente a R$ 266,7 bilhões. Isso é maior que o PIB anual de alguns estados brasileiros, só para título de comparação.

Seguindo a lista, a segunda pessoa mais rica do planeta é Warren Buffett, com fortuna estimada em US$ 75,6 bilhões. Note que a diferença entre Gates e o segundo colocado é bem significativa: são cerca de US$ 10 bilhões entre eles.

Outro nome da indústria de tecnologia na lista é Jeff Bezos, fundador da Amazon, que vem logo abaixo de Buffett, com US$ 72,8 bilhões de patrimônio. Bezos foi o bilionário que mais acumulou riqueza de 2016 para cá. Em um ano, ele ganhou US$ 27,6 bilhões.

O mais jovem

Mark Zuckerberg, do Facebook, é o quinto da lista, com US$ 56 bilhões. Ele é o mais jovem do top 10: tem apenas 32 anos e aparece entre homens com média de 60 anos aproximadamente. Entre os dez primeiros, todos são norte-americanos, com a exceção do espanhol Amancio Ortega — quarto colocado e dono da Zara — e Carlos Slim, empresário mexicano do ramo de telecomunicações. Veja a lista completa.

Larry Page e Sergey Brin, fundadores da Google, chegam em 12º e 13º respectivamente, com fortunas avaliadas em US$ 40,7 bi e US$ 39,8 bi. Steve Ballmer, que foi CEO da Microsoft por muitos anos, é o 21º da lista, logo acima de Jorge Paulo Lemann, o brasileiro mais bem colocado. Michael Dell, criador da Dell, aparece em 38º. Laurene Jobs, a viúva de Steve Jobs, é uma das poucas mulheres da lista e fica na 40ª posição, com US$ 20 bilhões.

Por região, a Ásia-Pacífico contém a maior concentração de bilionários do mundo, mas o EUA ainda é o país que mais conta com pessoas com riquezas superiores a US$ 1 bilhão.

Cupons de desconto TecMundo: