Batidas cardíacas podem recarregar seu iPod

Com o objetivo de que os aparelhos eletrônicos do futuro dispensem o uso de baterias, pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Georgia, Estados Unidos, desenvolveram um microchip capaz de transformar batidas cardíacas e movimentos corporais em energia. Assim você recarregaria dispositivos eletrônicos sem precisar de uma tomada.

A nova tecnologia, apresentada na Exposição e Encontro Nacional da Sociedade Americana de Química, usa telas de cristal líquido (LCD) e diodos, bem como radiotransmissores para armazenar a energia gerada. Para o pesquisador Zhong Lin Wang, líder do projeto, “esta evolução representa um marco para a produção de dispositivos eletrônicos portáteis que podem ser alimentados por movimentos do corpo, sem o uso de baterias ou tomadas elétricas”.

Durante os experimentos, os microchips foram capazes de obter 3 volts, o equivalente a duas pilhas AA (as de tamanho “tradicional” usadas em eletrônicos e controles remotos). Apesar de parecer pouco, essa quantidade de energia é um passo inicial rumo a algo que pode, em um futuro, dispensar o uso de fontes convencionais de energia para os portáteis.