Não foram poucas as pessoas que duvidaram da existência do carregador da StoreDot, uma startup israelense que prometia levar uma bateria aos 100% de carga em apenas 30 segundos. Para calar alguns críticos (e conquistar novos), a companhia foi até a CES 2015 fazer uma demonstração do produto em sua fase atual de desenvolvimento.

De acordo com a BBC, nos testes feitos para convidados, uma bateria de celular tradicional foi do zero à carga total em pouco menos de dois minutos — um pouco mais do que a propaganda inicial, mas ainda assim de fazer cair o queixo dos mais céticos.

O segredo está nas reações provocadas nas baterias. que tem íons movidos em uma velocidade antes impossível de ser atingida sem fritar o componente. Componentes orgânicos chamados de peptídeos, que são cadeias curtas de aminoácidos, compõem os cristais usados na tecnologia.

Ainda assim, o método não é impecável. A bateria carregada pela StoreDot dura apenas cinco horas e precisa de uma tomada de parede para funcionar, fazendo com que você viva com o cabo nos bolsos e procurando o adaptador mais próximo. Para situações de emergência, entretanto, essa continua sendo a melhor solução.

Futuro brilhante

Para o futuro, a empresa não só quer diminuir o tempo de carga pela metade, mas também criar baterias para carros que acumulem energia nessa mesma velocidade.

A StoreDot está em negociação com fabricantes que não tiveram o nome divulgado ("todas as grandes", de acordo com o CEO, Doron Myersdorf) para levar a tecnologia aos smartphones "em um futuro próximo". Fora adotar a tecnologia em si, novas baterias precisam ser desenvolvidas para aguentar a carga que transita pelo carregador.

A demonstração, entretanto, foi feita em um protótipo para testes da Samsung, que também é uma das maiores investidoras do projeto — o outro grande envolvido é o magnata Roman Abramovich, dono do time de futebol Chelsea, que aplicou cerca de US$ 10 milhões no projeto. Será que a sul-coreana será uma das beneficiadas pelo carregamento quase instantâneo? Fique de olho no TecMundo para mais novidades

Cupons de desconto TecMundo: