Se você sempre se chateia por ter que ficar colocando um zilhão de dados ao realizar compras online, saiba que a Gemalto, empresa de segurança digital, quer mudar o processo utilizado nos checkouts de sites de eCommerce.

A ideia é que o usuário consiga comprar o item sem a necessidade de inserir os dados de cartões de créditos. Trabalhando em conjunto com bancos brasileiros, a Gemalto quer desenvolver um sistema que gera um número aleatório — que seria válido para apenas uma compra —, sendo apagado automaticamente após um tempo para evitar roubos, cópias e fraudes.

De acordo com a Folha Vitória, a empresa costuma chamar a ação de "tokenização". Isso porque a nova tecnologia deve ser semelhante ao que grandes bancos utilizam, os PINs (Número de Identificação Pessoal).

O diretor de vendas da Gemalto, Sérgio Muniz, comentou que as instituições bancárias também têm um grande interesse na mudança. Principalmente porque, nos últimos anos, o número de fraudes aumentou consideravelmente — números não revelados por sigilo estratégico da empresa de segurança.

"Se em uma transação com cartão de crédito ocorrer uma fraude e o banco, por exemplo, não tiver à disposição a última geração de um mecanismo de segurança, mesmo que a fraude não tenha ocorrido no âmbito bancário, ele é que arcará com o prejuízo", disse Muniz. Ou seja, provavelmente em pouco tempo veremos essa mudança chegar aos consumidores.

O que você acha de um PIN para realizar compras online? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: