Em 2007 a agência espacial norte-americana lançou a sonda Dawn para o espaço com o objetivo de examinar dois planetas anões: Vesta e Ceres, situados em um cinturão de asteroides localizado entre Marte e Júpiter.

Dos dois, no entanto, Ceres é o que mais tem chamado atenção dos pesquisadores: em fevereiro deste ano, alguns pontos brancos brilhantes foram identificados, e na última semana parece que as coisas ficaram ainda mais intrigantes, com o aparecimento de uma montanha em forma de pirâmide na superfície do planeta.

O registro, feito pela Dawn a uma distância de mais de 4 mil quilômetros, mostra ainda pontos brilhantes que tiveram seu tamanho comparado à cidade de Las Vegas vista do espaço. Segundo a NASA, esses pontos podem ser apenas grandes concentrações de sal ou gelo.

A estrutura, que se ergue a aproximadamente 4,8 km do chão, não sofreu nenhum tipo de especulação da NASA e foi comentada simplesmente como uma "montanha com declives acentuados que se ergue de uma área relativamente suave da superfície do planeta anão".

No Twitter, porém, uma multidão emplacou o termo #itsaliens, dando os créditos dos acontecimentos aos seres extraterrestres. Alguns outros grupos foram mais além, alegando terem identificado naves espaciais nas fotos do planeta e profetizando sobre possíveis estruturas alienígenas.

Se são alienígenas de fato ou não, ainda não sabemos, mas que depois das fotos muita gente ficou intrigada, disso não há qualquer tipo de dúvida.

Via Mega Curioso.

Cupons de desconto TecMundo: