(Fonte da imagem: Luc Viatour)

A Roscosmos, agência espacial da Rússia, está em negociação com as agências espaciais europeia e norte-americana para planejar o desenvolvimento de uma base lunar de pesquisa, na qual astronautas possam viver.

De acordo com o chefe da Roscosmos, Vladimir Popovkin, em entrevista ao site russo Ria Novosti a agência não deseja que o homem apenas pise na Lua, mas possa estudá-la de perto. Desse modo, um sistema de transporte tripulado para o satélite já estaria sendo pesquisado.

Ainda segundo Popovkin, há duas opções. Criar uma base em solo lunar, aproveitando a descoberta de água em suas regiões polares, ou estabelecê-la na órbita do satélite. Enquanto isso, a Roscosmos mantém em seu planejamento duas missões não tripuladas para o ano de 2020, a Luna Glob e a Luna Resource.

Cupons de desconto TecMundo: