Na última terça-feira (26 de maio), um adolescente alagoano ficou famoso em todo o país por causa de um aplicativo que ele criou: o List It. De acordo com uma publicação no site G1, o jovem idealizou o software sozinho e conseguiu fazer com que ele se tornasse um grande sucesso no mercado do nordeste, conseguindo faturar cerca de R$ 100 mil por mês somente com o aplicativo.

A notícia gerou muita polêmica ao redor do Brasil, sendo que os espaços de comentários de vários sites se tornaram um grande mural de acusações. Muitos leitores questionam os ganhos do garoto — e os motivos serão apresentados logo abaixo —, sendo que ainda há até mesmo indagações acerca da idoneidade do negócio. Entenda mais sobre isso agora mesmo.

Rentabilidade exagerada?

De acordo com Davi Braga (o criador do List It), seu sistema possui cerca de 3 mil clientes cadastrados. Uma breve análise no site do aplicativo retornou 29 listas de materiais escolares disponíveis. Vamos considerar o custo médio de R$ 500 para cada uma das listas de compras, chegamos ao valor de R$ 50 de ganhos para o List It — levando em conta o fato de que 10% do valor das compras são repassados para a start-up, de acordo com o IG.

Reprodução/Estadão

Para que isso chegue à soma de R$ 100 mil, seria necessário que 2.000 pessoas comprassem a lista integral. Se levarmos em conta o fato de que ele afirma ter mais de 3.000 usuários cadastrados, não fica difícil chegar aos valores que estão sendo afirmados pelo jovem empresário. A não ser por um problema que foi abordado por grande parte dos leitores...

Impossibilidade mensal

De acordo com Davi Braga, os ganhos de sua start-up são de cerca de R$ 100 mil por mês. Revendo os cálculos que fizemos no tópico anterior, precisamos de 2.000 pessoas gastando cerca de R$ 500 todos os meses para que as contas realmente fechem — lembrando que as compras escolares acontecem apenas no começo do ano com esse volume. E é nesse ponto que começam algumas das acusações mais pesadas que estão sendo enviadas desde ontem.

Marketing?

David Braga é filho de Cristiana Peixoto Braga (uma conhecida empresária do Alagoas) e João Kepler Braga (um investidor da mesma região). Há quem diga que os dois utilizaram a influência que possuem para que o aplicativo do filho fosse levado à mídia alagoana — indo para todo o país depois de algum tempo. A busca por cadastros posterior a isso poderia levar a novos investimentos no serviço.

Vale dizer também que Davi Braga e seu pai vendem palestras sobre empreendedorismo em todo o Brasil — algo que já acontece há mais de um ano. Isso levou a várias críticas, pois há quem afirme que o garoto deixou de ser apenas um filho e se tornou um bom negócio para os pais empresários.

Também é preciso dizer que a mãe dele é empresária do ramo de papelarias, de acordo com uma notícia publicada pelo Bonde no final do ano passado. Na mesma matéria, ela revela que a ideia do aplicativo surgiu quando o filho percebeu que poderia facilitar a vida dos pais que precisavam fazer buscas de materiais em diversas lojas — uma vez que o processo seria todo centralizado.

A publicação também entrevistou o próprio adolescente. Na ocasião, ele revelou não ter programado nada, apenas idealizado o aplicativo: "Eu sou o comercial e o marketing da empresa, mas controlo pessoalmente os programadores e os designers.". Apesar disso, há informações também de que dois sócios maiores de idade (os pais dele) seriam os reais responsáveis pela administração.

Com base nisso, muitos leitores afirmam que o adolescente seria usado apenas para fazer com que o aplicativo tivesse mais espaço na mídia — afinal de contas um empreendedor de 14 anos chama mais a atenção do que um adulto fazendo o mesmo. As falas aparentemente decoradas dele também seriam um indício disso, como afirma o Tudo Celular.

Reprodução/IG

Ainda sem uma resposta oficial

A equipe do TecMundo tentou entrar em contato com o List It por meio de um número telefônico publicado na página do Facebook do aplicativo. Infelizmente, nenhuma das tentativas conseguiu ser concluída — aparentemente, a linha não permite o recebimento de chamadas. Assim que conseguirmos falar com os responsáveis, atualizaremos esta página.

Sobre o pai de Davi Braga

Um empresário entrou em contato com o TecMundo pela seção de comentários e enviou links de notícias que ligavam o pai de Davi Braga a investigações por estelionato — mencionando relação do fato com a busca de investidores para o List It. Vale dizer que não foi comprovada ligação do investidor — que também é responsável por uma série de outros empreendimentos no estado do Alagoas — com o crime .

.....

O que você pensa em relação a toda essa história? Será que o jovem Davi é um grande empreendedor ou um instrumento de marketing que seus pais encontraram para melhorar os resultados do aplicativo e dos negócios da família? E a afirmação de que a empresa teria faturamento de R$ 100 mil por mês?

Cupons de desconto TecMundo: