Para dar mais voz ao cidadão e proporcionar uma ferramenta para cobrar o poder público, o advogado carioca Geovani Santos criou o aplicativo Furtivo. A plataforma funciona como uma rede social colaborativa, em que usuários apontam problemas relacionados a segurança, saúde, transportes, meio ambiente, educação e obras, e têm suas ocorrências levadas até os órgãos competentes.

O Furtivo é baseado em três conceitos: prevenir, colaborar e fiscalizar. O login no aplicativo pode ser feito por meio de conta no Facebook ou Twitter. Por meio de geolocalização, o sistema abre um mapa da região em que o usuário se encontra e dá a opção de criar uma nova ocorrência ou conferir as que já foram feitas, como buracos em vias públicas, escolas sem professores, assaltos e hospitais com falta de médicos.

Quando uma nova denúncia é realizada no aplicativo, é enviado um e-mail para os órgãos responsáveis, como Polícia Federal, Ministério Público Federal e mesmo o Presidente da República, para que providências sejam tomadas. Depois de 90 dias do registro da ocorrência, o app gera uma mensagem à vítima para conferir se o problema foi solucionado e, em caso negativo, insistir no caso.

Furtivo é gratuito e está disponível para Android. A meta é atingir seis milhões de usuários no país e um milhão de denúncias até o meio de 2015. Também está nos planos do fundador fazer parcerias com revistas, jornais e emissoras de TV e rádio, além de expandir o serviço para outros países que enfrentam problemas similares aos do Brasil.

Clique aqui para fazer o download do aplicativo.

Cupons de desconto TecMundo: