Quem usa o Tinder para procurar seu par ideal provavelmente já deu de cara com um problema clássico: você começa a conversar com aquela pessoa e, de repente, ela simplesmente vai embora. Ou pior: descobre que ela é sua alma gêmea, mas que é um amor “impossível” por morar do outro lado do mundo.

É aí que entra o happn, um aplicativo para smartphones criado por franceses que segue um sistema semelhante ao do Tinder na ideia de definir se acha alguém atraente ou não.

A diferença aqui é que ele usa o GPS de seu aparelho para trazer apenas aqueles conectados em um raio de 250 metros, de maneira a limitar suas possibilidades a somente alguns poucos candidatos. Logo, você tem a chance de conhecer pessoas próximas e até mesmo combinar um encontro cara a cara, caso ambos se gostem – afinal, vocês estão a apenas alguns passos de distância.

Mais proximidade e segurança

Uma proposta como essa pode parecer pouco diferente do Tinder, em um primeiro momento, mas é preciso admitir que ela tem um enorme potencial. Em primeiro lugar, porque algo assim diminui drasticamente os casos antes mencionados de relacionamentos à distância. Em segundo porque no happn você não simplesmente entra em contato com qualquer um que gostar de sua pessoa: é preciso que os dois lados marquem um ao outro como atraentes para isso ser possível.

Se você mesmo assim acha que o happn é uma proposta passageira, é melhor pensar novamente. De acordo com o The Guardian, o app ganhou mais de 250 mil inscritos na França, além de mais de 10 mil londrinos, só nos primeiros meses de seu lançamento. Logo, espere ouvir cada vez mais dele, no futuro.

Para quem se interessou, o happn pode ser adquirido de graça tanto para Android quanto para iOS, através da Google Play ou da iTunes App Store.

Cupons de desconto TecMundo: