Depois de uma longa disputa judicial, a Apple foi considerada culpada por infringir intencionalmente quatro patentes da VirnetX, referentes a protocolos de VPN que a Maçã teria usado ilegalmente nos serviços FaceTime e iMessages – e nos dispositivos iOS compatíveis com eles. Por conta da decisão, a companhia de Cupertino terá que pagar uma multa de US$ 625 milhões pelos danos à propriedade intelectual da outra empresa.

A questão foi levada à Justiça em 2010, e um júri inicialmente determinou que a VirnetX receberia US$ 368 milhões da Apple por conta da utilização não autorizada da tecnologia. Em setembro de 2014, no entanto, a decisão foi desconsiderada por conta de erros nos cálculos do valor. O novo julgamento, que chegou à decisão atual, foi iniciado na semana passada.

Originalmente, a VirnetX pediu que a Maçã pagasse um valor de US$ 532 milhões, mas o montante subiu para os US$ 625 milhões quando ficou determinado que a infração foi cometida de forma intencional pela companhia de Cupertino. Segundo a CNBC, a Apple recorreu e pediu que o julgamento fosse anulado, afirmando que a reclamante confundiu o júri durante sua argumentação final. Até o momento, o juiz Robert Schroeder não decidiu se aceitará o recurso.

Você acha que a Apple agiu de má-fé ao infringir as patentes de protocolos VPN da VirnetX em seus dispositivos com iOS? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: