Após a situação incabível que aconteceu na loja de Melbourne, na Austrália, o CEO da Apple resolveu se pronunciar sobre o caso de intolerância que, de acordo com ele, não faz parte da cultura e dos valores da companhia.

Em carta publicada no site BuzzFeed News, Tim Cook comentou que esse tipo do ocorrido não é parte do que eles querem passar aos consumidores.

Ele ressalta ainda que este foi um caso isolado, sendo que a gerente da loja pediu desculpas pessoalmente aos estudantes que foram expulsos da loja. Ela inclusive convidou os rapazes a visitarem a loja novamente e reafirmou que eles sempre serão bem-vindos na Apple Store.

Tim Cook comenta que a mensagem da gerente é algo que eles sempre querem transmitir: a Apple está aberta para todos, independente de estilo de vida, raça, religião, gênero, orientação sexual, idade, classe social, idioma ou ponto de vista.

Apesar de escrever um texto longo e repetir a questão dos valores da marca, o CEO da Apple em nenhum momento fez um pedido de desculpas formal, tampouco comentou sobre as providências que foram tomadas com relação ao funcionário que destratou os jovens consumidores.

Você acha que o atendimento nas lojas da Apple é cordial? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: